Piauí tem em Piracuruca 1º profissional de saúde com Covid-19

Por meionorte

A Secretaria de Estadual  da Saúde do Piauí (Sesapi) confirmou, na segunda-feira (6), mais dois casos de pacientes infectados pelo coronavírus. Os casos de um homem de 56 anos, de Teresina, e uma mulher de 53 anos, de Piracuruca, testaram positivo para a Covid-19. O número de testes positivos no Piauí chega a 26, em cinco municípios do estado. 

A mulher de 53 anos é uma dos nove profissionais de saúde que atenderam o prefeito de São José do Divino, Antônio Felícia, que  morreu de  coronavírus.  A  profissional de saúde com resultado positivo encontra-se afastada de suas funções, cumprindo quarentena e está com boas condições de saúde.

A Secretaria Municipal de Saúde de Piracuruca  afastou e colocou em quarentena todos os  nove profissionais de saúde que participaram do atendimento ao prefeito Antônio Felícia. 

O Laboratório Central (Lacen) liberou o resultado do exame de sete dos profissionais de saúde investigados por meio do exame. Destes, seis tiveram resultado negativo  e um teve resultado positivo  para Covid-19 e estão sendo  aguardados os resultados de mais dois exames.

Em nota, a Secretaria Municipal de Saúde de Piracuruca informou que, de modo a prevalecer o princípio da transparência no acesso às informações de interesse público, o órgão, através da Coordenação Municipal de Vigilância Epidemiológica, tem o compromisso de manter a população informada. 

Segundo a nota, desde o início dos alertas da Organização Mundial de Saúde (OMS), a Secretaria Municipal de Saúde elaborou o Plano de Contingência do -19, que divulga dois boletins epidemiológico diariamente , o Boletins de Casos Suspeitos de Coronavírus, sendo um de pessoas residentes em  Piracuruca e, outro de ocorrência  de atendimentos prestados a pessoas de outros municípios, nos serviços de saúde municipal.

No dia 27 de março 2020, o então prefeito de São José do Divino, Antonio Nonato Lima Gomes, conhecido por Antonio Felícia, deu entrada em estado grave no Pronto Socorro de Piracuruca, mas não resistiu. No dia seguinte, a Secretaria Estadual da Saúde do Piauí (Sesapi) confirmou que a morte do prefeito foi causada por Codiv-19, o primeiro caso de óbito confirmado no Piauí.

A Secretaria Municipal de Saúde de Piracuruca  afastou e colocou em quarentena todos os  nove profissionais de saúde que participaram do atendimento ao prefeito. Após visita do secretário Estadual da Saúde, Florentino Neto,  ao município de Piracuruca, foi orientado e disponibilizado kits para coletar swab naso e orofaríngeo de todos os profissionais de saúde.

Assim com base neste protocolo e nas recomendações feitas pela equipe técnica da Sesapi, foram coletados swab da nos e orofaríngea dos 09 (nove) profissionais de saúde plantonista na noite do falecimento do prefeito. 

Não sendo notificados  esses profissionais como casos suspeitos , pois nenhum destes tinha sintomas gripais , e assim, não atendiam aos critérios técnicos de caso suspeito de Codiv-19.

Na data de 6 de abril de 2020, às  18h, o Laboratório Central do Piauí (Lacen)  PI, liberou o resultado do exame de sete dos profissionais investigados por meio do exame. 

Destes, seis tiveram resultado negativo  e,  um teve resultado positivo  para Covic-19.

“Vale ainda informar que uma pessoa infectada pelo Coronavírus pode chegar a nem desenvolver sintomas. Embora ele tenha um padrão de proliferação bastante elevado, 80% das pessoas que entram em contato com ele não apresentam sintomas. E assim, os Protocolos do Ministério da Saúde e da Sesapi não recomendam a notificação de casos assintomáticos, mas apenas de casos moderados, graves e suspeitos com resultado positivo”, divulgou a Secretaria Municipal de Saúde de Piracuruca.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *