Picos: golpista usa foto de ex-vereador morto a 1 ano no perfil de WhatsApp para pedir dinheiro

Um número desconhecido entra em contato pelo WhatsApp, mas a foto é de uma pessoa familiar. Esta é a premissa de mais um golpe que circula no aplicativo de mensagens. O objetivo dos criminosos é o mesmo: extorquir usuários que se deixam levar apenas pela imagem conhecida no perfil. As informações são do Grande Picos.

Nesta quarta-feira (04/05) familiares de Carluís Barros – falecido há um ano – foram surpreendidos com a notícia de que um golpista está usando a fotografia do ex-vereador picoense, em um perfil de WhatsApp, para pedir dinheiro.

O número de telefone utilizado é o DDD do Rio de Janeiro – (21) 99782-9411. Na mensagem, o falsário solicita uma transferência de R$: 6.350,00 em nome de Fernando Hiromiti.

Na conversa pelo aplicativo de mensagens, a vítima acredita que está conversando com a viúva de Caluís, Maria do Carmo, e se prontifica a ajudar, porém, a mesma desconfia após o golpista enviar os dados para depósito de uma pessoa desconhecida.

Em entrevista recente ao Portal Grande Picos, o delegado de polícia civil, Petrônio Henrique, orienta que os usuários de aplicativos como WhatsApp ou Instagram, por exemplo, desconfiarem da oferta de produtos com preços abaixo do mercado e também de pedido de dinheiro emprestado via app.

O ideal, segundo o delegado, é procurar ligar diretamente para a pessoa que sugere contato. Nesses casos, geralmente o golpista diz que não pode atender ligação no momento, ou que está com a internet ruim. Então a orientação é não realizar qualquer tipo de transação financeira sem ter o contato direto com a pessoa que solicita dinheiro, ou qualquer outro benefício.

“Se alguém lhe mandar um Whatsapp pedindo dinheiro, ligue para ele para perguntar sobre o pedido. Não transfira qualquer valor sem antes conferir. Muitas vezes o golpista não hackeou ou clonou seu Whatsapp, muitas vezes ele consegue sua foto e seus contatos e vai tentar aplicar o golpe”, orientou Petrônio Portela.

A família de Carluís Barros pede que caso alguém receba mensagens solicitando dinheiro em qualquer quantia, que entre diretamente em contato com o suposto solicitante.

WhatsApp do Portal Saiba Mais: (89) 99922-3229

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *