PM constata 38 aglomerações e 17 bares abertos em operação no PI

A Polícia Militar (PM) fez operações  nas barreiras do Piauí com os estados do Ceará e Pernambuco  para evitar viagens intermunicipais na Semana Santa e  monitorar os ônibus de outros estados que passam por rodovias piauienses.

Além disso, a PM deflagrou operação durante noite em Teresina para evitar assaltos e violência com o. aumenta da presença dos policiais militares nas ruas. O Comando de  Policiamento do Litoral  Meio Norte (CPLMN) e a 2ª Companhia do 15°  Batalhão da Polícia Militar (BPM) de São Miguel do Tapuio aumentam seu efetivo de policiais militares para realização de barreira sanitária na divisa de  Crateús (CE) e Buriti dos Montes, do lado do Piauí e patrulhamento ostensivo para a fiscalização, orientação e monitoraramento do  transporte de pessoas em ônibus e em  outros veículos vindos pelo estado do Ceará.

Em Teresina, o Comando de Policiamento Especializado (CPE) em mais uma noite nas ruas percorreu ruas e avenidas para evitar aglomerações e crimes. As ações seguem por tempo indeterminado com objetivo de coibir práticas de crimes e a fiscalização do cumprimento do decreto governamental no que diz respeito a Covid-19.

O Comando de Policiamento do Semiárido ( CPSA), o   4° BPM e Grupamento Policial Militar (GPM) fizeram policiamento ostensivo preventivo motorizado, com viaturas e motocicletas   em toda a cidade de Picos e nos povoados da zona rural do município. As equipes de serviço fizerem policiamento preventivo durante as abordagens e orientou as pessoas em aglomerações para que fosse cumprido o Decreto em razão do COVID-19. 

As equipes de serviço fizeram atendimento às ocorrências repassadas pelo Copom e em locais pré-determinados pelo comandante do 4° BPM, Major Felipe. A operação militar flagrou  38 aglomerações em Picos (335 km de Teresina) em  quadras de futebol, bares, comércios e bancas da feira, encontrou 17 bares abertos e abordou  17 carros,  18 motocicletas e   81 pessoas.


 
Fonte: Meionorte
 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *