Polícia já tem linha de investigação sobre morte de empresário

O delegado Agenor Ferreira afirmou que já ouviu algumas testemunhas do caso

“As diligências não pararam em nenhum dia”, disse o delegado titular da delegacia especializada em tráficos e homicídios, Agenor Ferreira Lima, sobre as investigações do crime que vitimou o empresário Edilson Gonçalo de Oliveira, no dia 28 de dezembro, na rua Coelho Rodrigues, em Picos. 

De acordo com Agenor, todas as testemunhas do crime e familiares da vítima prestaram depoimento e as investigações estão bastante avançadas.

“Já temos uma linha de investigação e não é relevante mencionar neste momento, em breve, iremos elucidar esse caso. As testemunhas prestaram informações bastantes relevantes onde pudemos ter conhecimento de toda a dinâmica do crime, inclusive das características dos criminosos”, disse o delegado.

Em 2019, doze pessoas foram assassinadas em Picos. A Polícia Civil tem tido dificuldades em investigar os casos, uma vez que o efetivo é inexpressivo e a estrutura da delegacia é inadequada.

“É necessário a criação de uma delegacia especializada em homicídios e outra em tráfico, uma vez que são investigações diversas. Esperamos que nossa situação melhore com a convocação dos aprovados no último concurso da Polícia Civil”, afirmou Agenor.

Fonte: Picos40graus

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *