Prefeitura de Floriano proíbe venda de bebidas alcoólicas até 21 de março na cidade

No decreto o prefeito afirmou que medidas mais restritas devem ser aplicadas devido ao “aumento da taxa de transmissibilidade do novo coronavírus”.

Por Bárbara Rodrigues, G1 PI

O prefeito de Floriano, Joel Rodrigues (Progressistas), publicou decreto no Diário Oficial dos Municípios, de 17 de março, onde proíbe a venda de bebidas alcoólicas até o dia 21 de março e suspende a realização de aulas presenciais por 15 dias devido ao aumento de casos de Covid-19.

No decreto o prefeito afirmou que medidas mais restritas devem ser aplicadas devido ao “aumento da taxa de transmissibilidade do novo coronavírus, bem como o aumento do número de casos no envolto do município de Floriano”.

Entre as medidas aplicadas por Joel Rodrigues está a proibição da venda de bebida alcoólica, até mesmo na modalidade de delivery, no período de 18 a 21 de março. A fiscalização será feita pela Vigilância Sanitária junto com um fiscal do setor de tributação. O descumprimento vai gerar notificações e multas.

O prefeito Joel Rodrigues ainda determinou a suspensão das aulas presenciais na rede pública municipal pelo período de 15 dias.

Na sexta-feira (19), o atendimento presencial ao público nas repartições municipais está suspenso, após ser decretado ponto facultativo. Ficam mantidos apenas os serviços considerados essenciais para a prestação do serviço público.

O prefeito afirmou que irá seguir as demais medidas aplicadas pelo decreto do Governo do Piauí, que autorizou até o dia 21 de março, apenas o funcionamento das atividades que são consideradas essenciais.

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *