Prefeitura de Picos interdita lojas por descumprimento de decreto

Os estabelecimentos comerciais foram interditados por fiscais da Vigilância Sanitária do município

Por José Maria Barros/Informa Picos

Ao menos três estabelecimentos comerciais situados na Rua Coronel Francisco Santos, centro de Picos, foram interditados por descumprimento ao decreto estadual nº 19.085. O documento foi baixado pelo governador Wellington Dias (PT) no dia 7 de julho e prevê a retomada gradual das atividades econômicas no Piauí.

Os estabelecimentos foram interditados durante operação de fiscalização comandada por agentes do Departamento de Vigilância Sanitária, que afixaram na porta central da loja uma notificação de Lacre Sanitário com timbre da Prefeitura de Picos e da Secretaria Municipal de Saúde.

O decreto estadual nº 19.085 prevê a retomada gradual das atividades econômicas por etapas previamente definidas. No entanto, mesmo sem terem autorização ainda para funcionar, alguns comerciantes de Picos teimam em abrir seus estabelecimentos, por isso são alvos da ação dos fiscais da Vigilância Sanitária.

Segundo o decreto estadual, o comércio atacadista e varejista de tecidos, vestuário e acessórios, comércio de tecidos, armarinho, vestuário, calçados, cosméticos e artigos para viagens, dentre outros, somente poderão voltar a funcionar a partir do próximo dia 27 de julho.

As autoridades de saúde têm orientado e alertado a população sobre o aumento nos casos de covid-19 e, pedido que todos colaborem no cumprimento das medidas de distanciamento social. A maioria dos picoenses cumprem os decretos, no entanto, uma minoria teima em desafiar e desobedece as restrições impostas, ficando passível de sanções.

Desde o início da pandemia, o município de Picos já registrou 1.283 casos confirmados do novo coronavírus e 23 mortes.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *