Municípios

Professor do IFPI de Angical é afastado após denúncia de crime sexual contra ex-aluna

Por Graciane Araújo/Cidade Verde

Um professor foi afastado do Instituto Federal do Piauí (Ifpi) do campus de Angical, no interior do Piauí, após denúncia de crime sexual contra uma ex-aluna. O afastamento cautelar tem prazo de 120 dias, mas pode ser prorrogado. Ele- que foi candidato a prefeito de Teresina em 2016- ocupa o cargo de professor do ensino básico, técnico e tecnológico. O Cidadeverde.com tentou contato com o investigado, mas as ligações não foram atendidas. O site está aberto para esclarecimentos.

Por meio de nota, a assessoria do Ifpi informou que foi instaurado Processo Administrativo Disciplinar (PAD) após a formalização da denúncia junto à corregedoria da instituição.

“Além do PAD, a reitoria do Ifpi realizou o afastamento cautelar do servidor por 120 dias”, informou a nota que reforça ainda que “repudia atos de assédio, importunação e manipulação por meio das relações de poder e ressalta que estas práticas não condizem com as diretrizes da instituição, que preza pela ética, respeito e segurança de todos os seus alunos, servidores e colaboradores”.

“Reafirmamos o nosso compromisso em combater a naturalização das violências e dos abusos de poder dentro e fora das instituições de ensino.Todo e qualquer estudante ou servidor que passar por este tipo de situação dentro do Ifpi deve formalizar denúncia através da Ouvidoria, pelo telefone (86) 3131-1407 ou pelo e-mail [email protected] ou procurar a equipe multidisciplinar dos campi, formada por profissionais aptos a ouvirem e realizarem acompanhamentos necessários como forma de garantir amparo às vítimas deste tipo de situação”, finaliza a nota.


WhatsApp do Portal Saiba Mais: (89) 9 9922-3229

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Portal Saiba Mais