Professores e alunos da Uespi fazem manifestação contra retorno 100% presencial

Os manifestantes acreditam que ainda não há segurança sanitária suficiente para a volta à instituição e cobram demandas antigas por infraestrutura e recursos.

Professores e alunos da Universidade Estadual do Piauí (Uespi) fizeram uma manifestação contra o retorno 100% presencial na instituição. O ato ocorreu na manhã desta segunda-feira (18), no campus Poeta Torquato Neto, sede da Universidade, no Bairro Pirajá, Zona Norte de Teresina.

Procurada pelo g1, a Uespi informou, por meio da assessoria de imprensa, que a manifestação é um direito do sindicato, mas que o retorno 100% presencial foi definido após pesquisa com a comunidade universitária (docentes, discentes e técnicos), que manifestou, em maioria, pela volta à instituição.

O coordenador de comunicação da Associação dos Docentes da UESPI (Adcesp), professor Antônio Dias, afirmou que as demandas do movimento são muitas, algumas antigas, como a questão da infraestrutura da instituição e o reajuste salarial dos professores, além de novas, como um protocolo de segurança para o retorno das aulas presenciais.

Por Lucas Marreiros, g1 PI

WhatsApp do Portal Saiba Mais: (89) 99922-3229

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *