Protesto contra a obrigatoriedade da vacina deixa cinco feridos nos EUA

Movimento reuniu funcionários contrários a determinação do governo exigindo a imunização contra a covid-19 em São Francisco.

Cinco pessoas ficaram feridas, incluindo dois policiais em São Francisco, nos Estados Unidos (EUA), durante um protesto contra a obrigatoriedade da vacina na quinta-feira 11.

A manifestação ocorreu na entrada da cidade, na ponte Golden Gate. O Ato foi anunciado como “greve nacional” em resposta a imposição do governo pela vacinação contra a covid-19, informou a rede de televisão americana ABC.

O grupo se reuniu em uma das pistas da ponte, que precisou ser fechada pelas autoridades.

De acordo com a Patrulha Rodoviária da Califórnia, dois veículos bateram em um caminhão que fazia uma “barricada” no local. O veículo foi lançado contra dois policiais e três funcionários da ponte. Os cinco foram hospitalizados com ferimentos leves.

O protesto

Na semana passada, os EUA determinaram que funcionários de grandes empresas serão obrigados a se vacinarem contra o vírus ou testados regularmente a partir de janeiro.

 

Por Revista Oeste

 

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *