Robert Rios volta a PMT após perder prestígio no Republicanos, não encontrou palanque

O vice-prefeito de Teresina, Robert Rios (Republicanos), voltou ao cenário político nesta semana. Segundo o próprio político, o sumiço teria sido por conta de um tratamento de saúde para não perder a visão, afetada quando foi diagnosticado com diabetes há um tempo.

Mas, além do problema de saúde, o sumiço de Robert vem junto com a perda de prestígio dentro da administração municipal. Isolado, dentro do Republicanos, o vice-prefeito não encontrou palanque para uma pré-candidatura própria nas eleições de 2022, não bastasse a falta de apoio dentro da Prefeitura, Robert também ganhou a antipatia dos vereadores da capital que, por muitas vezes, não gostaram da intromissão do vice dentro da gestão municipal.

Em sua primeira reaparição pública, depois de meses afastado, Robert se reuniu com o prefeito de Teresina, Dr Pessoa (Republicanos), e confirmou que estará com o prefeito para onde ele for. Porém, o próprio prefeito já declarou que não irá apoiar ninguém neste primeiro turno para o governo, mas se houver 2º turno vai se decidir. Dr Pessoa, também, já se mostrou próximo à presidente da Câmara de Vereadores de Teresina e pré-candidato a deputado estadual, Jeová Alencar (Republicanos), e deve seguir seu principal aliado que já declarou apoio à pré-campanha de Sílvio Mendes (União Brasil).

Se for essa a futura decisão de Dr Pessoa, o feito irá afastar ainda mais o vice-prefeito que já disse ser oposição à Sílvio Mendes. “O vice-prefeito não vota em Sílvio Mendes, o meu lado é esse. Eu já fui líder da oposição na Assembleia, junto com dois ou três deputados, mas esse atual time da oposição que há pouco tempo estava junto do governo, defendendo eles na tv não é oposição”, reclama Robert.


 

WhatsApp do Portal Saiba Mais: (89) 99922-3229

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.