Secretaria de Educação do Piauí nega envio de mensagem para receber auxílio merenda e alerta sobre golpe

A secretaria orienta pais ou responsáveis a não acessarem qualquer link relacionado e adverte quanto à disponibilização de informações pessoais em sites duvidosos.

Por Lívia Ferreira e Catarina Costa, G1 PI

A Secretaria de Estado da Educação do Piauí (Seduc) negou envio de mensagem para receber repasse financeiro relacionados a auxílio alimentação para estudantes da rede estadual de ensino, nos valores de R$ 55 à R$ 120. O órgão informou que vai acionar a Polícia Civil para investigar o caso.

“A Seduc orienta que aluno, pais ou responsáveis não acessem qualquer link relacionado e não disponibilizem informações pessoais em sites de caráter duvidoso”, alertou a Secretaria.

A ‘fake news’ do auxílio é do tipo “phishing”, quando o criminoso tenta convencer a vítima a informar dados pessoais. O Brasil é o país com mais usuários atacados por esse crime.

A Secretaria informou que os estudantes da rede estadual de ensino serão beneficiados com kits de alimentos até o final do mês de abril. Esses mantimentos serão entregues pela escola. Todas as informações sobre a entrega, como data, horários e a logística serão informados pela equipe escolar.

A mensagem fake que circula nas redes sociais diz:

“Olha, vê se vc tem direito: o programa Merenda em Casa ta pagando um auxílio que varia de R$ 55 à R$ 120 reais todo o mês para pais e mães de crianças que estudam.

Ele é pra ajudar na compra de alimentos para refeição. E o depósito cai em 3 dias na conta.

Para solicitar basta se cadastrar aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *