Seleção feminina de vôlei passa fácil pela Alemanha na Liga das Nações

A seleção brasileira continua impecável na Liga das Nações de vôlei feminino. Em Brasília, no Ginásio Nilson Nelson, venceu a Alemanha por 3 sets a 1, com parciais de 25/22, 25/18, 22/25 e 25/17.

Além de mostrar superioridade em toda a partida, o técnico José Roberto Guimarães aproveitou para testar as jogadoras consideradas reservas.

“Cada ponto é importante. Vínhamos de dois jogos nos quais não começamos bem. Nossa postura de início de partida foi muito boa. Tivemos muita energia com o ginásio lotado, foi muito gratificante jogar aqui, ainda mais perto da família”, disse Roberta.

Após as três vitórias seguidas semana de Brasília, o Brasil está no segundo lugar da Liga das Nações, com seis vitórias, contra sete da Polônia, que tem uma partida a mais, na liderança. China e Estados Unidos também têm seis triunfos cada.

A próxima partida da seleção será neste domingo, às 10h (horário de Brasília), frente aos Estados Unidos, que ainda entrarão em campo neste sábado para enfrentar o Japão.

A principal destaque da partida foi Rosamaria, que anotou 19 pontos. Maiara Basso, mais uma das apostas de Zé Roberto Guimarães, fez 18. A maior pontuadora foi a alemã Emilia Weske, com 28.

Por enfrentar a seleção brasileira, a Alemanha mandou à quadra várias jogadoras reservas. No primeiro set, Maiara Basso e Emilia Weske travaram um duelo particular, com sete pontos cada, as principais marcadoras até então. Mas o conjunto do Brasil foi melhor e confirmou a vitória por 25 a 22.

No segundo set, foi a vez do Brasil testar algumas jogadoras em quadra. A tática de Zé Roberto deu resultado, e a seleção fechou com facilidade, por 25 a 18, com destaque para Rosamaria. Do lado alemão, Emilia Weske continuou dando dor de cabeça, ao cravar mais sete pontos.

A Alemanha resolveu entrar com várias de suas titulares no terceiro set e deram trabalho. Emilia Weske confirmou mais dez pontos para a equipe alemã, que venceu por 25 a 22. Romaria foi a principal pontuadora do Brasil, com seis.

O Brasil fez o quarto set impecável e chegou a abrir 13 a 4 na Alemanha, que não conseguiu reagir. A equipe de Zé Roberto se poupou e apenas administrou a larga vantagem para continuar com 100% na competição.

Fonte: Estadão Conteúdo

 

WhatsApp do Portal Saiba Mais: (89) 9 9922-3229

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Portal Saiba Mais