Suspeito de matar vizinho após briga por conta de um cacho de bananas se entrega à polícia, mas é solto pela Justiça no Piauí

O homem foi preso nessa terça-feira (9), porém durante audiência de custódia foi solto pela Justiça.

Um homem suspeito de matar o vizinho a facadas após uma briga por conta de um cacho de bananas no município de José de Freitas, a 48 km de Teresina, se entregou à Polícia Civil nessa terça-feira (9). Entretanto, nesta quarta-feira (10), ele foi solto pela Justiça.

RELACIONADA:

Homem é morto a facadas por vizinhos após briga por conta de um cacho de bananas, no Piauí

Ao g1, o delegado Danilo Barroso, responsável pelo caso, informou que o homem, após se entregar, permaneceu preso na delegacia. Isso porque havia um mandado de prisão preventiva em aberto contra ele.

“Ele se entregou acompanhado de um advogado, mas se manteve calado durante o interrogatório. Ele ficou na cela, pois nós havíamos pedido à Justiça a prisão preventiva dele, que foi concedida pelo juiz”, informou o delegado.
No dia seguinte, ele passou por uma audiência de custódia, em que a Justiça decidiu soltá-lo.

O assassinato

Segundo a Polícia Militar, o pedreiro Francisco das Chagas Silva, vítima do homicídio, tinha pés de banana em casa, e um deles cresceu e ultrapassou o muro da casa vizinha. Assim, o vizinho cortou um cacho de bananas que estava no galho. A atitude causou a briga entre os dois, e o caso chegou a ser denunciado para a Polícia Civil.

No dia 24 de outubro, o pedreiro, segundo populares, estava sob efeito de bebida alcoólica quando encontrou com o vizinho na porta de casa. Os dois começaram a brigar, e usaram facas para ferir um ao outro. Francisco foi esfaqueado e faleceu antes de ser socorrido.

Por G1 PI

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *