Teresina registra em média 22 casos de pessoas desaparecidas por mês

Em Teresina, por mês, 22 casos de desaparecimentos são registrados em média. Entre as principais vítimas estão os idosos, que muitas vezes acabam se tornando moradores de rua devido a situação.

De acordo com o delegado Jorge Terceiro, responsável pela divisão de desaparecidos do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), a resolutividade dos casos é 80%, mas os índices de desaparecimento vêm aumentado ao longo dos anos.

 “Na unidade de desaparecidos, em média, são registrados em torno de 20 a 25 caso mensais, inclusive no último mês de maio, superou essa média, chegamos ao total de 27 casos e a tendência anual também é de aumento. Em 2021 foram 163 apenas na capital, atribuição da nossa unidade de investigação e localização. Em 2022, 200 casos e este ano, ainda não chegamos a metade do ano fechada, já somam 130”, pontou o delegado.

Delegado Jorge Terceiro/Foto: Renato Andrade/Cidadeverde.com

Já a divisão de desaparecidos atende somente demandas da capital. Os casos registados no interior do Piauí devem ser comunicados na delegacia que responde pelo município em questão.

No entanto, se a pessoa desaparecida for de Teresina e estava em outro município quando o caso ocorreu, o procedimento é instaurado na divisão do DHPP e encaminhado para a delegacia da cidade responsável.

Ao se certificar do desparecimento, a família da vítima deve imediatamente formalizar uma denúncia na divisão de desparecidos ou obter informações através dos telefones 3211-6682 ou 181.

“A família, logo que tem conhecimento ou sente falta do familiar, ela se dirige até a unidade do DHPP aqui, é feito um registro de ocorrência com todos os dados, todas as qualificações da pessoa desaparecida, inclusive nos solicitamos que tragam uma fotografia atualizada da pessoa, para fim de ser utilizada nas buscas e divulgações com a autorização da família, sinais característicos como tatuagens e outros sinais e com esse registro de ocorrência, as nossas equipes iniciam a investigação”, destacou Jorge Terceiro.

Rebeca Lima e Francisco José (TV Cidade Verde)

 

WhatsApp do Portal Saiba Mais: (89) 9 9922-3229

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Portal Saiba Mais