Três setores vão abrir com 50% da capacidade, prevê plano do governo

 O governador Wellington Dias (PT) garantiu nesta segunda-feira (8) que os três setores que foram autorizados a funcionar  – construção civil, serviços de saúde e automotivos – só irão abrir com 50% da capacidade e atendendo todos os critérios de segurança.

“Nós estamos autorizando a começar com 50%, tirando as pequenininhas, que tem cinco empregados que pode começar com todos, as outras vão começar com a metade. Nós calculamos que 45 mil trabalhadores vão entrar em atividade”, disse o governador.  Veja apresentação do governador aqui

Em pronunciando no Palácio de Karnak, o governador disse que os setores inclui cerca de 80 mil pessoas.

As empresas precisam aderir ao protocolo e adotar as medidas exigidas. O governo vai disponibilizar um link para que os empresários informem os dados e o plano de contenção do novo coronavírus.

Semanalmente as empresas serão reavaliadas e dependendo do resultado poderá autorizar novos setores.

Dados divulgados pelo governador:

Taxa de transmissibilidade do vírus permanece baixa em 0,9.

Queda de infecção. A previsão era de 120 mil infectados e chegou a 87 mil infectados

Óbitos – embora tenha números crescentes, o acumulado da semana mostra dados em queda, saindo de 75% para 39%.

Ocupação de leitos – 53% de leitos ocupados e 47% de leitos livres.

O governador reforçou o pedido de isolamento social – o decreto foi prorrogado até o dia 22 deste mês, e o uso de máscaras e álcool em gel.

Wellington Dias destacou que a retomada das atividades é gradual, pactuada e organizada. O governador disse que o plano foi baseado na ciência e elaborada de forma integrada com todas as autoridades. Ele também ressaltou a importância da busca ativa, das barreiras e do paciente procurar, nos primeiros sintomas da covid-19, os postos de saúde para evitar a internação em leitos de UTIs.

Flash Yala Sena/Cidadeverde

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *