Universitário e menor são acusados de planejar ataques a escolas no PI

Os nomes dos suspeitos não foram revelados

Um estudante do curso de pedagogia, de 21 anos, e um adolescente, de 16, foram identificados como os responsáveis pela divulgação de diversas mensagens com ameaças de ataques terroristas a uma escola na cidade de São Pedro do Piauí. O jovem universitário foi ouvido nesta quarta-feira (13) na Delegacia de Polícia Civil de Água Branca. As informações são do Canal 121.

O delegado de Água Branca, Paulo Nogueira, responsável pelas investigações, informou que a justiça concedeu um mandado de busca e apreensão nas residências dos acusados. O delegado disse também que a polícia já tem em mãos os aparelhos telefônicos e computadores dos investigados, e que irá fazer comparação das versões dadas em depoimento e as mensagens trocadas entre eles.

Paulo Nogueira disse ainda que os dois acusados foram ouvidos separadamente, e que o menor admitiu que criou as contas utilizadas para enviar as mensagens, mas que tudo teria sido feito de comum acordo com o amigo que ele conheceu virtualmente.

Quanto ao universitário, o delegado disse que pelo depoimento percebe-se que ele tem uma admiração pelo que aconteceu em Suzano-SP. De acordo com delegado, o universitário contou que queria passar para a história, fazendo algo grandioso, mas que no final das contas, eles não iriam cometer o atentado, até porque não teriam armas.

De acordo com as mensagens publicadas, os ataques deveriam acontecer nesta quarta-feira. Nenhum nome foi divulgado pela polícia.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *