Vacina de Oxford para Covid-19 é segura e induz resposta imune, anunciam cientistas

Anúncio foi feito nesta segunda-feira (20). O efeito deve ser reforçado após uma segunda dose da vacina, segundo os cientistas. Terceira fase dos testes está ocorrendo no Brasil.

Por G1

Cientistas de Universidade de Oxford, no Reino Unido, anunciaram nesta segunda-feira (20) que a potencial vacina contra a Covid-19 produzida pela instituição é segura e induz resposta imunológica. Ela foi testada em um grande ensaio humano, com 1.077 pessoas, em estágio inicial. As informações foram divulgadas nesta manhã pela revista médica The Lancet.

A dose levou os voluntários a produzir anticorpos e glóbulos brancos que podem combater o coronavírus, mas ainda é cedo para saber se isso é suficiente. De acordo com a publicação, o efeito deve ser reforçado após uma segunda dose.

As fases 1 e 2 dos testes, que foram conduzidas simultaneamente no Reino Unido, tiveram 1.077 voluntários. Os ensaios mostraram que a vacina foi capaz de induzir a resposta imune tanto por anticorpos como por células T até 56 dias depois da administração da dose.

A resposta imune foi medida em laboratório. São necessários mais testes para confirmar se a vacina protege efetivamente contra infecções, disseram os cientistas.

Foi vista uma resposta por células T (células do sistema imune capazes de identificar e destruir outras células infectadas) 14 dias após a dose. Já os anticorpos, capazes de destruir o próprio vírus, foram identificados 28 dias após a administração da vacina.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *