Vice-presidente do Banco do Brasil morre após passar mal em reunião

Funcionários do Banco do Brasil disseram que estão “devastados com a perda” de Malieni que era de carreira da instituição.

O vice-presidente de Negócios de Atacado do Banco do Brasil, Walter Malieni, faleceu nesta sexta-feira (7/8), aos 50 anos, vítima de problemas cardíacos. Ele estava em uma reunião online hoje pela manhã, quando passou mal. Foi encaminhado a um hospital, em São Paulo, onde morava. Chegou a ser operado, mas não resistiu. Ele foi um dos nomes cotados para assumir a presidência da instituição financeira, após a saída de Rubens Novaes, em 24 de julho. As informações são do Correio Braziliense.

Funcionários do Banco do Brasil disseram que estão “devastados com a perda” de Malieni que era de carreira da instituição, com mais de 35 anos de trabalhos prestado. Ele ocupou cargos de chefia no BB há mais de 12 anos, entre eles o comando da BrasilPrev. Também foi vice-presidente de Distribuição de Varejo e Gestão de Pessoas e de Controles Internos e Gestão de Riscos da instituição.

Nota de pesar

Por meio de nota, o Banco do Brasil destaca que a “partida repentina de Malieni é motivo de tristeza para a família Banco do Brasil”. Ele era reconhecido por “sua enorme competência”.

Veja a nota:

“Com grande tristeza, o Banco do Brasil comunica o falecimento do vice-presidente de Negócios de Atacado, Walter Malieni Junior, ocorrido nesta data, em São Paulo.

Walter dedicou grande parte de sua vida ao Banco do Brasil, onde entrou aos 15 anos como menor aprendiz. Em 35 anos de carreira, trabalhou em diversas áreas da empresa até o Conselho Diretor, onde foi vice-presidente em diversas áreas e presidente da empresa Brasilprev.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *