Jaicós: Vigilância Sanitária faz a coleta de pneus velhos em borracharias da cidade

A Prefeitura de Jaicós, por meio da Vigilância Sanitária, realizou nesta sexta-feira (17.set)  a coleta de pneus velhos. Os agentes de endemias percorreram diversas borracharias da cidade, terrenos baldios e coletaram dezenas de pneus de carros, caminhões e motocicletas, com objetivo de prevenir problemas ambientais com o descarte irregular e evitar a criação de focos do mosquito da dengue, tão logo chegue o período chuvoso.

A coordenadora da Vigilância Sanitária, Lusimária de Moura Sousa a “Mara”, ressaltou o serviço da Vigilância Sanitária com os agentes de endemias: ”simples, mas que impacta de forma extremamente positiva na questão ambiental e na saúde da população.”

Você sabe o tempo de decomposição de pneus?

Estima-se que o tempo de decomposição dos pneus seja de 600 anos. Com essa demora, você já considerou os inúmeros danos que esse material pode causar ao entrar em contato com o meio ambiente?

Pneus velhos descartados de forma incorreta podem contribuir para o entupimento de rios e redes de esgotos, causando inundações e poluindo rios e solo. Além disso, os pneus descartados ocupam um espaço considerável nos aterros sanitários e, se incinerados de forma incorreta, tornam-se agentes da poluição atmosférica.

Só no Brasil, a produção de pneus é de 40 milhões de unidades por ano e a geração de pneus velhos é de assustadores 160 milhões de unidades pelo mesmo período. Não bastasse os efeitos devastadores sobre o meio ambiente e a atmosfera, a fabricação de pneus demanda uma quantidade extraordinária de matérias-primas, como aço, borracha natural e petróleo.

Por Portal Saiba Mais

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *