Atletas do Flamengo-PI seguem no CT e alegam não ter comida ou mesmo retorno da diretoria

A trajetória do Flamengo do Piauí dentro de campo se encerrou no último domingo (3) ao anotar mais uma derrota por goleada no Campeonato Piauiense. O time perdeu por 6 a 0 para o Altos em jogo que se encerrou aos 23 minutos do segundo tempo por insuficiência técnica, tinham menos de sete atletas em campo. Mas os capítulos desastrosos do Flamengo-PI na temporada seguem sendo escritos.

Após dois dias do encerramento dos jogos do Estadual, nesta terça-feira (5), alguns atletas entraram em contato com o cidadevede.com relatando seguirem morando no CT do Piauí, local onde o Flamengo ficou em toda temporada, mas estão sem alimentos básicos ou mesmo previsão de quando irão receber seus salários.

Alguns atletas como ato de revolta devido a falta de resposta ou mesmo retorno da diretoria do clube que tem como presidente Rubens Gomes queimaram os poucos uniformes que ainda tinham e materiais de trabalho com símbolos do clube. De acordo com os jogadores que lá estão, onze ao total, a diretoria do clube não dá nenhum tipo de previsão ou resposta aos atletas.

A diretoria do clube respondeu as acusações e afirma que tem apenas cinco jogadores no CT e que ainda hoje (5) estaria sendo dado retorno aos atletas sobre salários e as passagens de retorno a suas casas.

No momento, segundo informações dos atletas tem jogadores de diversos estados no CT – São Paulo, Sergipe, Pernambuco, Paraíba, Bahia aguardando passagens para retornar para casa.

Ao longo da competição o ambiente do clube Flamengo foi travado uma batalha diária de ‘Jogadores x Diretoria’. Os atletas alegam ausência de necessidades básicas como alimentação, suplementação, uniformes, salários e principalmente falta de diálogo com a diretoria do clube que foi omissa em diversas situações. Do outro lado, o presidente alega falta de postura de alguns atletas e até mesmo desconfiança em campo o que gerou um inquérito policial sob suspeita de manipulação de jogos do Flamengo no Estadual.

Um inquerido junto a Deccortec está sendo realizado e na reta final da competição cerca de 12 pessoas entre jogadores, membros da comissão técnica e diretoria foram ouvidos pelo Delegado JJ.

O Flamengo foi rebaixado para Série B do Piauiense três rodadas antes de encerrar a primeira fase. O time somou um ponto em 14 jogos. Um empate e 13 derrotas, a pior campanha da história do Rubro-Negro. Foram apenas cinco gols marcados e 41 gols sofridos.

Pâmella Maranhão | Cidade Verde

 

WhatsApp do Portal Saiba Mais: (89) 99922-3229

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *