Apagão atinge 20 cidades do Piauí; empresa investiga vandalismo em linha de transmissão

Vinte municípios da região do médio Parnaíba estão sem energia desde a manhã desta sexta-feira (20). O motivo, segundo a Equatorial Energia, é a queda de um poste da linha de distribuição 69 kV que atende as subestações Nazária, Curralinho, São Pedro, Regeneração e Amarante. A empresa investiga se foi ato de vandalismo.
A falta de energia afeta 65 mil clientes nas 20 cidades. Veja a lista abaixo.
“Em decorrência de um ato de vandalismo, ocorreu na manhã desta sexta-feira, dia 20, o desligamento da linha de distribuição 69 kV que atende as subestações Nazária, Curralinho, São Pedro, Regeneração e Amarante, afetando diretamente o fornecimento de energia de 74 mil clientes”, informou a concessionária.
Ainda de acordo com a Equatorial, equipes foram deslocadas para inspeção na linha.
“Apesar dos esforços, no momento, 65 mil clientes estão afetados”, informou a empresa, que não detalhou o local exato da ocorrência.
“A Equatorial informa ainda que as autoridades competentes já foram acionadas para investigação dos fatos”, acrescenta.
As cidades sem energia são:
  • Água Branca
  • Amarante
  • Regeneração
  • São Pedro do Piauí
  • Monsenhor Gil
  • Angical do Piauí
  • Barro Duro
  • Agricolândia
  • São Gonçalo do Piauí
  • Hugo Napoleão
  • Passagem Franca do Piauí
  • Jardim do Mulato
  • Curralinhos
  • Lagoinha do Piauí
  • Olho D’Água do Piauí
  • Santo Antônio dos Milagres
  • Miguel Leão
  • Palmeirais
  • Nazária
  • Lagoa do Piauí.
Veja a nota na íntegra:
Em decorrência de um ato de vandalismo, ocorreu na manhã desta sexta-feira, dia 20, o desligamento da linha de distribuição 69 kV que atende as subestações Nazária, Curralinho, São Pedro, Regeneração e Amarante, afetando diretamente o fornecimento de energia de 74 mil clientes. As equipes da Equatorial Piauí foram deslocadas para inspeção na linha, localizando o defeito e já realizam a recuperação do circuito.
Apesar dos esforços, no momento, 65 mil clientes estão afetados nos seguintes municípios:
A Equatorial informa ainda que as autoridades competentes já foram acionadas para investigação dos fatos.
Hérlon Moraes/Cidade Verde

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *