Após 14 dias internado em estado grave, idoso que foi vítima de incêndio tem alta médica no Piauí

Rafael Cardoso da Silva Neto, de 62 anos, teve alta médica e deixou o hospital Nossa Senhora do Livramento na última quarta-feira (20/01) após 14 dias internado, vítima de um incêndio criminoso com uso de gasolina na cidade de José de Freitas/PI. As informações são do Revista Opinião.

O senhor foi vítima de um ataque da jovem Mônica Lorena. Ainda segundo ele, a mesma teria jogado gasolina em sua cabeça e em seguida ateou fogo, e por ser um líquido bastante inflamável, causou bastante estrago na região atingida, como cabeça, ombro e membro inferior. O crime aconteceu durante uma bebedeira.

No momento do incêndio, o senhor foi salvo por Antônio Carlos Lopes dos Santos Silva, de 60 anos, conhecido como “Velho Buzu” que também estava no imóvel e ao perceber as chamas, encheu um balde com água e despejou na cabeça da vítima.

Devido aos ferimentos causados pelo fogo, Rafael Cardoso, precisou ser internado para tratar das lesões provocadas pelo fogo. Um dia após o ocorrido populares acionaram o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) que o conduziram em estado grave para o hospital Nossa Senhora do Livramento em José de Freitas, no qual permaneceu 14 dias.

A vítima confessou que deseja que a justiça seja feita, e que a jovem Lorena, pague pelo crime que cometeu.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *