Após ausência na própria convenção, Lula não vai participar de evento de Haddad

Campanha de petistas avalia que presença de Lula em convenção poderia ofuscar o pré-candidato a governador de São Paulo

O ex-presidente Lula não vai participar da convenção que oficializa Fernando Haddad como candidato a governador de São Paulo, neste sábado (23), em São Paulo. Segundo lideranças da campanha, a ausência tem como objetivo deixar o foco do evento em Haddad, pois a presença de Lula poderia acabar chamando mais atenção do que o protagonista.

O candidato à Presidência também não participou da própria convenção, que oficializou a chapa majoritária com Geraldo Alckmin, nesta quinta-feira (21). Na ocasião, Lula cumpria agenda em Pernambuco, estado onde nasceu.

O evento de Haddad deve contar com a participação do ex-governador de São Paulo Geraldo Alckmin (PSB), vice na chapa de Lula, e com a presença do também ex-governador de São Paulo Márcio França (PSB) e da ex-ministra Marina Silva (Rede).

O nome do vice do petista para concorrer ao governo paulista ainda não foi divulgado. Marina chegou a ser cogitada para o cargo, mas lançou a pré-candidatura a deputada federal por São Paulo.

França, que já ocupou o posto tentado por Haddad, também seria candidato ao Executivo, mas acabou declinando, como acordado anteriormente. Ele formalizou ao petista que deixaria a disputa caso as pesquisas mostrassem uma preferência dos eleitores por Haddad.

Renata Varandas, da Record TV, e Alan Rios, do R7, em Brasília

 

WhatsApp do Portal Saiba Mais: (89) 99922-3229

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.