Geral

Após chuvas, três barragens atingem volume máximo e são monitoradas no Piauí

Com o início do período chuvoso, o Piauí já possui três barragens que atingiram a capacidade máxima. A informação foi confirmada ao Cidadeverde.com pelo Instituto de Desenvolvimento do Piauí (Idepi), responsável pelo monitoramento dos reservatórios.

As barragens com capacidade máxima são: Mesa de Pedra (Valença do Piauí), Salinas (São Francisco do Piauí) e a de Piracuruca.

O diretor de Recursos Hídricos do Idepi, Diego Salazar, informou que existem 15 barragens que são de responsabilidade do estado e que todas estão sendo monitoradas.

“As barragens que estão sendo monitoradas pelo Idepi que estão na sua capacidade máxima são Piracuruca, Mesa de Pedra e Salinas. O Idepi iniciou o processo de monitoramento de barragens mediante inspeções técnicas de avaliação nas barragens de Bezerro, Emparedado e Corredores. Nesta semana está programada a visita de Piracuruca e Caldeirão que mesmo sendo de responsabilidade do Dnocs será vistoriada”, informou.

O diretor de Recursos Hídricos do Idepi afirmou que a capacidade máxima é uma situação normal, e que não apresenta riscos para as estruturas das barragens.

“A capacidade máxima de acumulação e o vertimento ou sangramento pelo vertedouro são condições de operação normais para as quais a barragem está calculada, e não apresentam riscos para as estruturas da barragem. As barragens do Estado deverão encher até a capacidade máxima e sangrar se continuar a intensidade das chuvas durante os próximos meses”, explicou.

Diego Salazar destacou que até o momento as inspeções não encontraram nenhuma irregularidade. “O último relatório de monitoramento da Semar [Secretaria de Meio Ambiente e Recursos Hídricos] de 25 de janeiro deste ano, não identifica problemas que causem preocupação como anomalias nas estruturas nas barragens, O Idepi deverá concluir de inspecionar todas suas barragens nos meses de fevereiro e março”, explicou Diego Salazar.

O Idepi realiza três vezes por ano as inspeções, e caso seja encontrada alguma irregularidade é realizada a devida manutenção no local.

“As medidas são de prevenção, que parte num primeiro momento da inspeção, logo seria o momento das manutenções rotineiras três vezes por ano, e caso necessária a recuperação de algum elemento da barragem. O Idepi na gestão anterior iniciou o processo de manutenção e recuperação da barragem Algodões II, devem seguir neste ano, Salinas, Piracuruca e Pedra Redonda”, destacou.

Barragens sob responsabilidade do Idepi:

  1. Salgadinho – Simões
  2. Corredores – Campo Maior
  3. Piracuruca – Piracuruca
  4. São Vicente – São Miguel do Tapuio
  5. Barreiras – Fronteiras
  6. Bonfim – Bonfim
  7. Salinas – São Francisco do Piauí
  8. Mesa de Pedra – Valença do Piauí
  9. Pedra Redonda – São Francisco de Assis do Piauí
  10. Algodões II – Curimatá
  11. Poços – Itaueira
  12. Poço do Marruá – Patos do Piauí
  13. Estreito – Francisco Macedo
  14. Bezerro – José de Freitas
  15. Emparedado – Campo Maior

Fonte: Bárbara Rodrigues/Cidade

 

WhatsApp do Portal Saiba Mais: (89) 99922-3229

 

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Portal Saiba Mais