As 4 prioridades de Biden que constam no site de transição lançado por ele

O presidente eleito dos Estados Unidos, Joe Biden, já começa a dar sinais de como será o seu mandato, que começará efetivamente no dia 20 de janeiro de 2021, dia da posse oficial. No mesmo fim de semana em que foi confirmada sua maioria no colégio eleitoral, Biden lançou um site de transição para mostrar à população quais serão suas prioridades à frente da maior potência mundial.

Na página BuildBackBetter.com, o novo presidente mostra o antagonismo ao modelo Trump de governar. Os quatro itens elencados são a recuperação econômica, o combate à Covid-19, as mudanças climáticas, o enfrentamento ao racismo sistêmico.

Biden já manifestou a intenção de retomar o acordo de Paris, deixado de lado por Trump. E essa preocupação ambiental pode ter consequências diretas na relação com o Brasil, que vem negando categoricamente o desmatamento notório na floresta amazônica. O 46º presidente dos EUA deixou clara a sua opção por trabalhar ao lado da ciência, não só na questão ambiental como no combate à Covid-19. Enquanto Trump minimizou os efeitos da doença, desde o início da pandemia, e realizou diversos atos de campanha com aglomerações de pessoas, muitas sem usar a máscara de proteção facial, Biden realizou seu primeiro discurso como eleito, ao lado da vice Kamala Harris, em um evento com formato de drive-in. Cada um dos seus apoiadores escutou os eleitos de dentro do carro, para evitar a disseminação do vírus.

Ainda hoje, 9/11, Joe Biden deve anunciar a força tarefa para combate à Covid-19. Ele pretende marcar sua gestão pelo respeito à ciência, aos direitos humanos e à diversidade. O mundo estava carente de um líder humanista e Biden encarnou esse papel ao lado de Kamala, que já começa a ser apontada como a sucessora de Joe Biden na Casa Branca.

 

Por Cidade Verde

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *