Atlético-GO vence Nacional na estreia de Suárez e abre vantagem na Sul-Americana

Na estreia de Luis Suárez, o Atlético-GO venceu o Nacional-URU, nesta terça-feira (2), por 1 a 0, no Parque Central, em Montevidéu, pelo jogo de ida das quartas de final da Copa Sul-Americana. O uruguaio foi a campo aos 29 minutos do segundo tempo.

Luiz Fernando marcou o único gol do jogo, de cabeça, aos 23 minutos do primeiro tempo. Quem garantiu o triunfo, porém, foi o goleiro Renan, que entrou ainda na etapa, após lesão brasileira de Ronaldo, e segurou o bombardeio uruguaio.

A expectativa do jogo girava principalmente em torno da estreia de Luis Suárez. E o técnico Repetto não desapontou os torcedores.

A camisa 9 teve cerca de 20 minutos em campo e mesmo tempo de forma e ritmo ideal, tentou um gol de falta e mostrou toda a sua técnica em passe para Cándido, que acertou a trave.

Com o resultado, os comandados de Jorginho precisam de um empate com ou sem gols para chegar às semifinais. Uma vitória do Nacional por um gol de diferença leva a decisão para os pênaltis. O vencedor deste confronto enfrentará São Paulo ou Ceará.

Atlético-GO e Nacional-URU se reencontram na próxima terça-feira (9), às 19h15 (de Brasília), na Serra Dourada, em Goiás.

Antes, o horário goianiense recebe o Red Bull Bragantino, sábado (6), às 19h (de Brasília), pela 21ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Os primeiros minutos do jogo foram de movimentação de ambas as equipes. Sempre que tinham uma bola, Nacional e Atlético-GO tentavam trocar passes e construir desde trás. A chegada, porém, se localizou especialmente na faixa central do campo, e os goleiros pouco funcionam.

Aos 17 minutos, porém, Ronaldo fez bela defesa em cobrança de falta de Fagúndez próximo à meia-lua. O arqueiro também brilhou ao pegar a finalização de Gigliotti no rebote. O goleiro do Atlético-GO, porém, se lesionou nesta sequência e acabou substituído por Renan.

O time de Goiás não sentiu a saída de Ronaldo e abriu o placar aos 23 minutos. Léo Pereira recebeu pela direita e encontrou Luiz Fernando no centro da área. 

O atacante cabeceou sozinho e mandou a bola para o fundo do gol.

O gol do elenco goianiense esquentou o clima em Montevidéu. Jogadores de Nacional e Atlético se estranharam na beira do campo após a demora do zagueiro Wanderson, do Atlético-GO, para trocar uma camisa rasgada.

Dentro das quatro linhas, os donos da casa tiveram mais a bola, enquanto os brasileiros exploravam contra-ataques.

Empurrado pela torcida, o Nacional se lançado ao ataque nos primeiros minutos do segundo tempo. O goleiro Renan trabalhou logo aos nove minutos buscou no cantinho chute Carballo. 

Quatro minutos depois, o toque de atenção de Gigliotti, livro na pequena área de Gigliotti.

Renan brilhou também na bola parada. Em cobrança de falta central aos 18 minutos da etapa final, o goleiro foi buscar a bola no ângulo direito. Para aumentar o drama do Atlético, a pelota explodiu no travessão antes de sair.

Encolhido em seu campo, o Atlético-GO passou durante toda a segunda etapa resistindo ao bombardeio do Nacional, que contornou com Luis Suárez a partir dos 29 minutos.

Após a apresentação badalada e um treino, Luis Suárez fez seu primeiro jogo nesta volta ao Nacional. Relacionado para a partida contra o clube, o camisa 9 começou no banco de reservas brasileiro, assistiu ao gol de Luiz Fernando e pisou no gramado aos 29 minutos da etapa final. O atacante, porém, fez uma partida discreta.

A principal chance de Pistolero veio em cobrança de falta aos 40 minutos, mas a bola desviou na barreira e saiu à esquerda de Renan. O uruguaio ainda deu belo passe para Cándido acertar a trave de Renan.

A estreia de Suárez contorno com um visualizador de luxo. Amigo do Pistolero, Kun Aguero esteve no estádio para acompanhar à partida. O ex-jogador também esteve no treino do clube de Montevidéu e tirou uma foto com o brasileiro Leo Coelho.

Fonte: UOL/FOLHAPRESS

 

WhatsApp do Portal Saiba Mais: (89) 99922-3229

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.