Atlético-MG consegue virada épica com gol no fim após Fortaleza abrir 2 a 0

A noite deste sábado (25) do Atlético-MG teve tudo para ser muito ruim, afinal de contas o Fortaleza vencia por 2 a 0, antes dos 30 minutos do primeiro tempo, com dois gols de Romarinho. Mas o Galo reagiu, buscou a virada e venceu por 3 a 2, com gols de Rubens, Réver e Vargas.

Foto – Atlético-MG – Divulgação

Sem contar com os principais jogadores, já que na terça-feira tem partida da Copa Libertadores, o Atlético dependia do jogo coletivo para bater o Fortaleza, mas não passou nem perto de ser uma equipe com conjunto.

O atual campeão brasileiro e da Copa do Brasil mais parecia um time de pelada, tamanha a dificuldade para defender e atacar. Com as mudanças feitas, o Atlético ficou mais ofensivo, empurrou o Fortaleza para o campo de defesa e terminou em busca do terceiro gol.

Com um edema no pé direito, o atacante Hulk não foi relacionado para o jogo com o Fortaleza. O camisa 7 do Galo esteve no Mineirão, para acompanhar os companheiros de clube, mas foi preservado para o duelo de terça-feira, com o Emelec, pela Libertadores.

Reforço do Atlético para a sequência da temporada, o atacante Allan Kardec esteve no Mineirão. O futuro centroavante do Galo aproveitou para ir até o gramado, para sentir um pouco mais o ambiente do estádio.

Com a derrota parcial por 2 a 0 antes dos 30 minutos do primeiro tempo, o técnico Turco Mohamed tirou um dos três zagueiros para colocar o atacante Vargas. O escolhido para sair foi Alonso, que é titular da equipe. Réver e Igor Rabello seguiram na partida.

Como pouca mudou após a troca feita na primeira etapa, foi até do Fortaleza a melhor chance, mas Pikachu parou em Everson, Turco Mohamed fez outras três mudanças antes da volta para o segundo tempo. Entraram Otávio, Rubens e Fábio Gomes.

O Atlético perdia por 2 a 0 e não conseguia chegar nem perto da meta defendida por Marcelo Boeck, tanto que a primeira finalização do Galo na partida aconteceu somente aos 37 minutos do segundo tempo.

Foi uma tentativa de Eduardo Sasha, que não levou perigo e o goleiro do Fortaleza defendeu sem nenhuma dificuldade.

Perdendo, o Atlético se lançou no ataque e pressionou bastante o Fortaleza durante o segundo tempo. Rubens descontou aos 30 minutos, de cabeça, após belo cruzamento de Vargas.

O zagueiro e capitão do Atlético também marcou de cabeça. O experiente defensor errou no segundo gol do Fortaleza, mas conseguiu se recuperar no jogo ao empatar a partida.

Fonte: UOL/FOLHAPRESS

 

WhatsApp do Portal Saiba Mais: (89) 99922-3229

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.