Banco é condenado a restituir cliente no Piauí após fazer descontos indevidos

Restituição é no valor de R$ 6.738 referente a um empréstimo considerado irregular. Justiça determinou anulação do contrato.

O Banco Cetelem S.A foi condenado pela justiça do Piauí a indenizar uma cliente aqui do Estado após fazer descontos indevidos da conta que ela possui junto à instituição. Esses descontos ocorreram em razão de um contrato de empréstimo pessoal considerado irregular.

De acordo com a sentença assinada pelo juiz Francisco das Chagas Ferreira, da Vara Única de Gilbués, o banco Cetelem S.A descontou de forma ilegal o valor de R$ 6.738,74 da conta da cliente piauiense. Esse valor deverá ser restituído corrigido pela variação do índice INPC. Além da restituição do valor, a justiça determinou também que o banco anule o contrato de empréstimo com a correntista, declarando inexigíveis as obrigações nele originadas.


Foto: Arquivo O Dia

Esta não é a primeira vez que o Banco Cetelem S.A é alvo de ação judicial aqui no Piauí. A instituição financeira já havia sido condenada a restituir em dobro os valores descontados referentes a contratos de empréstimo contraído por uma cliente de iniciais L.R.S. Segundo alegou a cliente, o banco descontou R$ 2.508,00 de um cartão de crédito consignado que não foi solicitado e sem assinatura de qualquer contrato com o banco.

A reportagem do Portalodia.com está tentando contato com algum representante do Banco Cetelem S.A. Aqui no Brasil, a instituição financeira tem sede física na cidade de Barueri-SP e atua desde 1998 oferecendo um portfólio de cartões de varejistas além de soluções em crédito como a oferta de empréstimo pessoal e consignado, financiamentos, seguros e serviços assistenciais.

Fonte:  TJPI

 

WhatsApp do Portal Saiba Mais: (89) 99922-3229

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.