Baretta diz que o único objetivo dos bandidos era matar filho do jornalista em Teresina

Johnnie Walker Andrade, filho do jornalista Joselito Andrade, foi brutalmente assassinado com 15 tiros dentro de seu supermercado na zona norte de Teresina.

O delegado Francisco Costa, o Baretta, coordenador do Departamento de Homicídio e Proteção à Pessoa (DHPP), falou na manhã desta segunda-feira (13), a respeito do assassinato de Johnnie Walker Andrade, de 36 anos, filho do jornalista Joselito Andrade, morto com 15 disparos de arma de fogo, na noite da última sexta-feira (10), no Parque Brasil IV, região norte de Teresina.

Segundo o delegado, a vítima estava na porta de seu estabelecimento, um supermercado, próximo de um veículo, quando os criminosos chegaram e já foram logo atirando. Johnnie correu para dentro do comércio e tentou se esconder. Os criminosos foram atrás e efetuaram pelo menos 15 tiros contra a vítima, que morreu no local.

“No nosso relatório de atendimento de local de crime,, consta que a vítima estava próximo ao veículo, em frente ao supermercado, quando indivíduos chegaram em um carro, Siena de cor branca, e já desceram efetuando disparos de arma de fogo, imediatamente, ele corre para dentro, tenta se esconder por trás de uma mesa, os indivíduos adentram o supermercado e lá, desferem vários disparos, o perito observou pelo menos 15 ferimentos provocados pelos disparos. Nós não temos informações de que objetos do estabelecimento foram subtraídos, e depois de praticar o crime, os indivíduos saíram e depois voltaram e efetuaram mais tiros em direção ao estabelecimento”, disse Baretta.

O delegado disse ainda que não tem dúvida de que o crime foi planejado e que o único objetivo dos criminosos era tirar a vida de Johnnie Walker. Ele acrescentou ainda que as investigações estão avançadas e que em breve o delegado responsável pelo caso estará prestando esclarecimentos.

“Esse crime foi devidamente arquitetado, planejado, dada a racionalidade humana, os indivíduos já desceram com a intenção de eliminar essa pessoa, eles não tinham outro objetivo, a não ser, matar ele. As investigações estão acontecendo e já estão avançadas e eu acredito que logo, o delegado responsável pelo caso, Robert Lavor, estará esclarecendo mais esse crime e dando a resposta à sociedade”, concluiu o coordenador do DHPP.

SOBRE O CRIME
Conforme relatado por populares que tentaram prestar socorro a Johnnie, pelo menos quatro homens invadiram o estabelecimento e abriram fogo contra ele. Após o crime, os suspeitos fugiram do local em um veículo modelo Siena. Policiais do 13º Batalhão da Polícia Militar do Piauí comunicaram que os bandidos efetuaram pelo menos 15 disparos contra a vítima.

PAI FAZ RELATO EMOCIONANTE
O jornalista Joselito Andrade, o Repórter do Povão, fez um relato emocionante em sua página no Instagram, após o assassinato do seu filho, Johnnie Walker Andrade, de 36 anos, morto a tiros na noite de sexta-feira (10), dentro do comércio em que era proprietário, no Parque Brasil IV, zona norte de Teresina.

“Estou aqui com meu coração estraçalhado pelo que aconteceu, tiraram a vida do meu filho e quero aqui pedir a Deus que tudo possa ser resolvido na forma da lei e que cada um deles que participaram dessa violência, que possam pagar por esse crime. Entrego nas mãos de Deus e que ele seja o juiz na frente de todo esse problema”, disse.

Fonte: Meio News


WhatsApp do Portal Saiba Mais: (89) 9 9922-322

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Portal Saiba Mais