Confira a lista com os nomes dos 126 candidatos (as) à Câmara Municipal de Picos

São 92 homens e 34 mulheres que podem concorrer a uma das 15 vagas na Câmara de vereadores.

De acordo com a Lei 9504/97 e Resolução Nº 23.373/2011/TSE cada partido político pode lançar a candidatura de até 150% do número de vagas na Câmara de Vereadores do município.

Já as coligações podem lançar até 200% do número de vagas dispostas no Poder Legislativo Municipal.

Como em Picos são 15 vagas na Câmara de Vereadores cada partido poderia lançar até 37 candidatos e cada coligação até 45 candidatos a vereadores e vereadoras.

Durante as convenções os oito partidos políticos envolvidos na eleição municipal de Picos (PDT, PSL, PSD, PC do B, PT, MDB, Progressistas e PTB), homologaram juntos os nomes de 126 candidatos a vereadores e vereadoras.

A sigla com mais candidatos a uma vaga na Câmara de Vereadores, com 24, é o MDB, que também é o partido que detém mais assentos, cinco, nessa atual Legislatura.

Já o partido com menos postulantes a uma cadeira no Poder Legislativo Picoense será o PDT que homologou 11 candidaturas.

As outras seis siglas terão a seguinte quantidade de candidatos a vereadores e vereadoras: PSL/PSD (24), PC do B (16), PT (17), Progressistas (17) e PTB (17).

Dos 126 candidatos a uma vaga na Câmara de Vereadores de Picos que tiveram suas candidaturas homologadas nas convenções 92 são do sexo masculino e 34 do sexo feminino.

Tendo em vista que são 15 vagas no Legislativo Picoense e caso não haja nenhuma desistência, se a eleição para vereador em Picos fosse um vestibular teria uma concorrência de 8,4 candidatos para cada vaga.

Confira os nomes dos candidatos a vereadores e vereadoras em Picos:

PDT:

Antônio Anísio, Betinho, Erismar Santiago, Everton Valter, Helvídio Holanda, Ismael Bezerra, Maria do Carmo, Mãe Josa, Odovaldo Araújo, Justino Leal e Professora Adnaid Rufino.

PSL/ PSD:

Capitão Everton Araújo, Marcos Daniel de Jesus, Derivaldo Jr., Rosemary de Paiva Gomes Martins, Jhonata Moura, Fabrícia Paz, Maria Lidiane Rodrigues da Silva, Reginaldo Teixeira Alencar, Pepeu Verdade, Sidão, Francisca Moncilene Moreira Campos, Jaciel Araújo Luz, Danillo Guimarãe, Samuel Holanda Ferreira, Luan Cardoso, Jhonatan de Lima Ferreira, Eneildo Tertuliano Leal, Tania Kelly de Sousa, Daniel Dimas Alves de Oliveira, Jorge Antônio da Silva, Sabryna Borges Guimarães, José Marciano Feitosa Silva, José Edson Cardoso Nascimento e Jose Marciano Feitosa da Silva.

PC do B:

Iata Rodrigues, Carlos Leal, Manoel Vieira, José Valmir dos Santos, Antônio de Moura, Cícera Cristina Hipólito Carvalho Silva, Ted Rap, Eli Teles de Medeiros Filho, Leda, Titila, José Fabiano de Oliveira, José Fernandes Filho, Lídia Raquel Rocha da Silva, Dona Fátima, Marilene de Sousa Costa e Adriano Leal.

PT:

Wellington Dantas, Simão Carvalho, Renato, Valdívia Santos, Adonai Venâncio, Isabel Mariana Ferreira da Silva, Aylton Alysson Galdino de Moura, Joice Leal de Oliveira, Heraldo Santos Leal (Cobrinha), Antônio Fernando Monteiro, José João da Silva, Nêga Mazé, Zacarias Teixeira, José Ferreira da Silva, Jayla Holanda Leitão, Djanira Cabral e Francisco Diego Alves Feitosa.

MDB:

Hugo Victor, Rinaldinho, Afonsinho, José Luís, Evandro Paturi, Pedro da Coca, Rodrigo Lima, Damião Antônio, Elissandra Borges, Franciladia Galdencio, Francilda dos Santos, Francisco Assuero, Ingred Costa, João Pereira, Joao Raimundo, Jose Alonso, Jose do Egito, Julia Alves, Leonarda Leal, Rodrigo Lima, Valdik Roseno, Luís Rodrigues, Charles Alexandrino e Alice Luisa.

Progressistas:

Oscarzinho, Bigode Branco, Carlos Luís, Loinha, Dedé Monteiro, Cristiano Miranda, Pedro Pio, Maria de Lourdes, Filomeno Portela, Maria Claudiana, Isauberto, Maté, Toinho de Chicá, Jamielson, Professora Inês, Dalvani, Valquíria e Eriberto Filho.

PTB:

Marcelo Cordeiro, Bambu, Chaguinha, Marciel Vivito, Jandira, Adão Borracheiro, Marcos Buriti, Raimundinho da Boa Vista, João Araújo, Alan Kardec, Vandenberg Rufino, Severino Luz, Filibe de Alencar, Matusalém de Sales, Júlio Lopes, Gilson Nunes e Dalva Mocó.

 

Por Portal O Povo

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *