Conheça a cabelereira encontrada morta ao lado da filha de 8 meses; Era natural do Piauí

A cabeleireira Sandra Maria de Sousa Silva, de 34 anos, encontrada morta em casa ao lado da filha de 8 meses no Centro de São Paulo, era natural de Nazaré do Piauí, no Sul do estado. As informações são do JC24horas.

Sandra foi morta na última sexta-feira (22/07), e seu corpo foi encontrado apenas no último domingo (24/07), depois que as irmãs e uma amiga sentiram falta dela que havia combinado de passar o dia de domingo com uma das irmãs.

Elas chamaram um chaveiro e ao entrar no apartamento encontraram o corpo em estado avançado de decomposição. No local, uma bebê de oito meses, fruto de relacionamento anterior, estava deitada no berço bastante desnutrida desde a morte da mãe, há três dias.

Devido ao avançado estado de decomposição que o corpo se encontrava, os familiares da Sandra que residem em Nazaré do Piauí não vão poder velar e nem sepultar na cidade piauiense.

Sandra trabalhava como cabeleireira no Centro de São Paulo, região em que morava sozinha com a filha, em um apartamento na Rua Tabatinguera, na Sé. Ela era especialista em aplicação de mega hair.

Irmã comenta caso 

Sobre o caso

Sandra foi encontrada sem vida, em cima da cama, com marcas de agressão, sangue na região do nariz e da cabeça e duas perfurações que seria causada por faca, segundo a PM.

Diferentemente do que familiares da vítima informaram à TV Globo, Sandra Silva não estava grávida, segundo o Instituto Médico Legal (IML).

O principal suspeito do crime é o companheiro de Sandra, de 30 anos, natural do México, com quem ela se relacionava há dois meses.

O caso foi registrado como feminicídio e violência doméstica na 1ª Delegacia Da Mulher (Centro).

 

WhatsApp do Portal Saiba Mais: (89) 99922-3229

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.