Corinthians ganha do Estudiantes e definirá vaga na Sul-Americana em vantagem na Argentina

O Corinthians ganhou do Estudiantes por 1 a 0 nesta terça-feira e obteve importante vantagem no confronto das quartas de final da Sul-Americana.

Criticado pela torcida em algumas oportunidades, o zagueiro Gil fez no primeiro tempo o gol que definiu a vitória corintiana sobre o rival argentino na Neo Química Arena.

Prioridade para o Corinthians e única possibilidade de título em 2023, a Sul-Americana ganhou ainda mais importância depois da eliminação da Copa do Brasil para o São Paulo.

Para ir às semifinais, o time de Vanderlei Luxemburgo poderá jogar pelo empate daqui a uma semana, na Argentina. Caso perca por um gol de diferença, terá de conseguir a classificação nos pênaltis.

Antes de a bola rolar em Itaquera, as luzes da Neo Química Arena se apagaram e foi respeitado um minuto de silêncio.

Sete minutos depois do apito inicial, a torcida estendeu faixas e ergueu balões pretos, em memória de Allan Luiz Sampaio Aguiar, Andrew Nicolas Francisco, Hamilton Rogério dos Santos, José Antônio da Silva, Renan Wellington Barbosa, Rodrigo Lacerda de Barros e Vanderlei Rosielton Henrique Simão, todos vítimas fatais no trágico acidente de ônibus do último domingo, na Rodovia Fernão Dias.

Não foi a melhor das apresentações do Corinthians, mas os anfitriões tiveram o que faltou aos visitantes: eficiência. Em momento em que o time alvinegro era pressionado, Gil finalizou com precisão de pé direito após escanteio cobrado por Rojas e foi às redes. A bola bateu no travessão antes de entrar.

Os argentinos poderiam até ter aberto o placar e, em desvantagem, de ao menos empatar. Sosa acertou bola na trave de Cássio, que salvou o Corinthians em arremate de Rollheiser.

A equipe de Luxemburgo respondeu com o veterano Fábio Santos, que recebeu passe de Moscardo e bateu na rede pelo lado de fora.

O cenário da partida se apresentou de forma favorável ao Corinthians no segundo tempo. O time foi mais competente para bloquear as investidas do Estudiantes e encontrou espaços nos contra-ataques.

O jovem meio-campista Gabriel Moscardo jogou à vontade e foi um dos protagonistas da noite. Saiu dos pés dele o passe para Maycon marcar o gol que deixaram o Corinthians tranquilo.

Mas o volante finalizou fraco e a defesa afastou. Depois, perto dos acréscimos, Gustavo Mosquito perdeu um gol inacreditável.

O atacante recebeu de Romero e, com o goleiro caído e de frente para o gol, isolou. A torcida corintiana espera que as chances perdidas, sobretudo a de Mosquito, não façam falta na Argentina, onde o time definirá se vai às semifinais ou fica pelo caminho.


Fonte: Estadão Conteúdo


WhatsApp do Portal Saiba Mais: (89) 9 9922-3229

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Portal Saiba Mais