Coronavírus: Piauí tem 224 mortes e casos confirmados passam de 7 mil

De acordo com a Sesapi, sete óbitos foram contabilizados no boletim epidemiológico desta sexta-feira. As vítimas são das cidades de Batalha, Esperantina, Parnaíba, Piripiri e Teresina.

O Piauí registrou 388 novos casos de pacientes infectados pelo coronavírus nas últimas 24 horas, segundo o boletim divulgado pela Secretaria de Estado da Saúde na noite desta sexta-feira (5). Com a atualização dos dados, o Piauí totaliza 7105 casos confirmados de Covid-19.

Do total de pacientes infectados, 548 que estavam internados estão recuperados e receberam alta hospitalar e 224 morreram. O Piauí já realizou 46. 813 exames para detectar o novo coronavírus. Foram 6991 exames laboratoriais e 39822 testes rápidos. Deste total,  39708 testes deram negativos.

De acordo com a Sesapi, sete óbitos foram contabilizados no boletim epidemiológico desta sexta-feira. As vítimas são das cidades de Batalha, Esperantina, Parnaíba, Piripiri e Teresina.

Veja o boletim: 

Os óbitos mais recentes são de seis homens, moradores de Batalha (78 anos), Esperantina (87 anos), Parnaíba (70 anos), Piripiri (85 anos), Teresina (66 e 77 anos) e uma mulher de Teresina (87 anos). Apenas o paciente de Esperantina não tinha registro de comorbidades.

Dos novos 388 casos confirmados, 179 são do sexo masculino e 209 do sexo feminino, com idades que variam de 1 a 88 anos. Até o momento, 3691 mulheres positivaram para o novo coronavírus no estado.

Dos leitos existentes na rede de saúde do Piauí para atendimento à Covid-19, há 559 ocupados, sendo 358 leitos clínicos, 189 UTIs e 12 de estabilização .  Do total de leitos com respiradores existentes (UTI e Estabilização), 53,5% estão ocupados, incluindo capital e interior.

Final de semana sem lockdown parcial 

Ao contrário dos últimos dois finais de semana, o Governo do Estado decidiu não implementar o “lockdown parcial” no Piauí neste sábado, 06, e domingo, 07. Isso porque o governador Wellington Dias deve anunciar no próprio sábado um novo decreto a respeito das medidas para combater a disseminação do coronavírus no Piauí. A informação foi confirmada pela assessoria do Palácio de Karnak.

Os decretos que tornaram a quarentena mais rígida nos finais de semana, em especial no domingo, só permitiam o funcionamento de poucos serviços, como postos de gasolina, farmácias e deliverys de alimentação, além da limitação no transporte rodoviário intermunicipal. O resultado foi positivo, com queda nas taxas de circulação de pessoas nas ruas. A expectativa agora é de que o Governo anuncie uma flexibilização gradual.

Fonte: Meionorte

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *