Dó Bacelar desiste de renúncia e permanece na prefeitura de Porto

O prefeito de Porto, Dó Bacelar (Progressistas), decidiu permanecer no cargo e não disputar a eleição para deputado federal de 2022. A informação foi confirmada pela assessoria de imprensa do gestor neste sábado (02), último prazo para desincompatibilização da função de chefe do Executivo municipal.

No comunicado à imprensa, a assessoria pontua que a decisão de Dó Bacelar está relacionada com o seu atual quadro de saúde. O prefeito sofreu um infarto e duas paradas cardíacas no último dia 05 de março e passou cinco dias internado em uma Unidade de Terapia Intensiva (UTI) de um hospital em Teresina.

“O mesmo tomou essa decisão motivado por problemas de foro íntimo e por fragilidade cardíaca, pois ainda vai submeter-se a três cirurgias das coronárias nos próximos dias. Por recomendação da junta médica do Hospital São Marcos e por orientações dos mais próximos, o gestor portuense vai permanecer no cargo de Prefeito”, diz o texto.

No Piauí, dois prefeitos renunciaram ao mandato para disputar as eleições deste ano. Joel Rodrigues (Progressistas) deixou o cargo em Floriano para concorrer a uma vaga ao Senado, enquanto Thales Coelho Pimentel (Progressistas), abriu mão da prefeitura de Paquetá para concorrer a uma cadeira na Assembleia Legislativa do Piauí (Alepi).

Breno Moreno/Cidade Verde

 

WhatsApp do Portal Saiba Mais: (89) 99922-3229

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *