Esportes

Ednaldo Rodrigues confirma que Ancelotti é o preferido da CBF para comandar o Brasil

Ednaldo Rodrigues, presidente da CBF, confirmou que Carlo Ancelotti, atual treinador do Real Madrid, é o principal candidato para assumir o comando da seleção brasileira. A declaração foi dada logo após o Brasil perder do Marrocos por 2 a 1 em amistoso. A equipe foi dirigida por Ramon Menezes.

“Ancelotti é unanimemente respeitado entre os jogadores. Não apenas Ronaldo Fenômeno ou Vinicius Junior, mas todos que jogaram sob o seu comando.

Eu o admiro muito pela honestidade na forma como trabalha e pela constância do seu trabalho. Não precisa de apresentações. É mesmo um treinador top, que tem várias conquistas e esperamos que possa ter ainda mais”, afirmou Ednaldo Rodrigues à agência Reuters.

O presidente declarou ainda que Ancelotti não é apenas unanimidade na CBF, mas sim entre os brasileiros, que estão pedindo pela contratação do italiano.

“Ancelotti não é apenas o favorito dos jogadores, mas também dos torcedores. Em todos os lugares que vou no Brasil, em todos os estádios, ele é o primeiro nome que os torcedores me perguntam.

Eles falam dele de forma muito carinhosa, em reconhecimento a um trabalho exemplar que tem feito em sua carreira. Vamos ter fé em Deus, esperar o momento oportuno e vamos ver se conseguimos na busca do novo técnico da seleção brasileira”, disse.

Ednaldo afirmou ainda que a meta da CBF é anunciar um novo treinador até junho. A seleção brasileira está sem um técnico desde quando terminou a Copa do Mundo. Na ocasião, Tite se despediu com a eliminação para a Croácia.

“Seremos muito éticos na nossa abordagem e respeitamos os contratos que estão em vigor.Também respeitamos muito o trabalho que é feito por qualquer treinador e seu clube, para fazer qualquer tipo de abordagem.

Seria uma falta de respeito para o presidente dos clubes em questão. Precisamos de um técnico que tenha o respeito e a admiração dos jogadores”, disse

Até o momento, o Brasil segue sem um próximo adversário definido As Eliminatórias para a Copa do Mundo começam apenas em setembro. Além de Ancelotti, outros nomes estão entre os cotados, a exemplo de Pep Guardiola, Fernando Diniz e Abel Ferreira.

Fonte: Estadão Conteúdo

 

WhatsApp do Portal Saiba Mais: (89) 9 9417-2542

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Portal Saiba Mais