Em belo jogo no Beira-Rio, Inter derrota Coritiba e entra no G-4 do Brasileirão

Com organização tática e ótimo toque de bola, o Internacional de recuperou da traumática derrota de virada sofrida para o Botafogo, ao vencer, nesta sexta-feira à noite, o Coritiba, por 3 a 0, no Beira-Rio, em Porto Alegre, na abertura da 14ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Com o resultado, o Internacional entrou provisoriamente no G-4, ao somar 24 pontos, na terceira colocação, atrás apenas do líder Palmeiras (28) e do Corinthians (25). Já o Coritiba permanece com 15 pontos e pode terminar a rodada na zona de rebaixamento.

O primeiro tempo foi disputado em alta velocidade. Com troca precisa de passes e muita movimentação, as equipes disputaram ótimos primeiros 45 minutos.

O Coritiba iniciou confortável, como se estivesse no Couto Pereira. Com um minuto, Léo Gamalho forçou Daniel a fazer a primeira defesa da partida. O time paranaense permaneceu no ataque, mas sofreu com os fortes contragolpes do Inter.

Aos 5 minutos, Pedro Henrique fez bela jogada pela direita e cruzou na medida para Alemão, mas o arremate foi em cima do goleiro Rafael William.

O panorama permaneceu inalterado até os 15 minutos. A partir daí, foi o Inter que teve a iniciativa e praticamente posicionou todos seus jogadores no campo de ataque.

Não demorou para o primeiro gol gaúcho ser marcado. Aos 18, Pedro Henrique passou por quatro adversários e cruzou mais uma vez com perfeição para o aproveitamento de Taison: 1 a 0.

Se o Inter tinha a habilidade de Pedro Henrique, o Coritiba apresentou mais uma vez o talento de Igor Paixão, sempre perigoso para a defesa gaúcha.

Mas quem voltou a marcar foi o Inter. Em mais uma jogada rápida, Alemão deu lindo passe para a finalização certeira de Edenílson: 2 a 0, aos 41 minutos.

O Coritiba veio para o segundo tempo com o mesmo entusiasmo e Igor Paixão perdeu boa chance para diminuir o prejuízo paranaense. Mas o time visitante tomou um banho de água fria, aos seis minutos, quando Alemão aproveitou um vacilo da defesa curitibana para fazer 3 a 0.

A partir daí, o Inter dominou a partida com bom posicionamento tático e eficiente toque de bola. O Coritiba não se entregou e só não marcou pelo menos um gol por causa da boa atuação do goleiro Daniel.

Fonte: Estadão Conteúdo

WhatsApp do Portal Saiba Mais: (89) 99922-3229

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.