Em Teresina, mulher suspeita de matar dois membros do PCC no São Joaquim é presa pela Polícia

De acordo com o relatório do Comando do 9º BPM, a executora do crime teria quebrado a fechadura da casa das vítimas, invadido a residência e efetuado os disparos.

A Polícia Civil do Piauí prendeu preventivamente na manhã desta sexta-feira (17) uma mulher de iniciais M.R.T.S, suspeita de ter cometido um duplo homicídio na região do bairro São Joaquim, na zona norte de Teresina, em 2022. De acordo com a polícia, ela é a responsável pelas mortes de Marcelo Pinho da Silva e Geovane Tavares da Silva Fernandes, um crime ocorrido na noite do dia 5 de julho do ano passado.

No dia do ocorrido, os dois homens estavam dentro de casa na região da Vila Carlos Feitosa. De acordo com o relatório do Comando do 9º BPM, a executora do crime teria quebrado a fechadura da casa das vítimas, invadido a residência e efetuado os disparos. Na época, a principal hipótese levantada é de que os homicídios tenham se tratado de rixa entre facções.

Uma terceira pessoa, segundo os populares, estaria dentro da casa quando ela foi invadida, porém conseguiu fugir em seguida. Porém essa informação não foi confirmada pela polícia. “O crime foi motivado por briga entre facções criminosas. Ainda durante a ação prendemos um suspeito de iniciais A.W.S, investigado por tráfico de drogas, mas que foi flagrado com quatro celulares roubados. Ele mesmo confessou que fazia o desbloqueio desses aparelhos”, informou o delegado Samuel Silveira.

Os dois homens mortos, segundo informações assessoria da Polícia Civil, eram membros da facção criminosa PCC. A ação foi feita pela 3ª Delegacia Seccional de Teresina.

Fonte: André dos Santos/Portal O Dia


WhatsApp do Portal Saiba Mais: (89) 9 9922-3229 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Portal Saiba Mais