Fernando Miguel pega pênalti, e Vasco empata com Red Bull Bragantino

Em jogo realizado sob forte calor na manhã deste domingo (27) em São Januário (RJ), o Vasco empatou em 1 a 1 com o Red Bull Bragantino, com gols de Vinícius, para os vascaínos, e Lucas Evangelista, para os paulistas.

O goleiro Fernando Miguel ainda pegou um pênalti no primeiro tempo. Com o resultado, o Cruz-maltino perdeu a oportunidade de pular para a terceira colocação do Campeonato Brasileiro. Já o Bragantino se manteve na zona de rebaixamento.

Na próxima rodada, o Vasco visita o líder Atlético-MG em Belo Horizonte (MG) e o Red Bull recebe o Corinthians.

PIKACHU MAL
Atravessando uma fase ruim, o lateral direito Yago Pikachu novamente foi mal e acabou sendo substituído no segundo tempo para a entrada de Cayo Tenório.

TALLES MAGNO TEM GOL ANULADO
No primeiro tempo, Talles Magno fez um belo gol ao dominar no peito, cortar o zagueiro e chutar com precisão. A arbitragem, porém, anulou acertadamente ao apontar impedimento.

FERNANDO MIGUEL PEGA PÊNALTI
Aos 35 minutos da etapa inicial, o Red Bull Bragantino teve um pênalti a seu favor após a arbitragem enxergar mão na bola do volante Bruno Gomes. No entanto, Alejandro foi para a cobrança e o goleiro Fernando Miguel defendeu.

VINÍCIUS ABRE O PLACAR PARA O VASCO
Logo aos quatro minutos do segundo tempo, Juninho foi à linha de fundo e fez belo cruzamento rasteiro para Vinícius, que chegou com velocidade e empurrou para o fundo da rede. 1 a 0 Vasco.

RED BULL EMPATA LOGO DEPOIS
Um minuto depois o Red Bull Bragantino chegou ao empate, quando Lucas Evangelista recebeu livre e deu um chute com categoria, no cantinho do goleiro Fernando Miguel.

PARADA PARA HIDRATAÇÃO
Por conta do forte calor nesta manhã no Rio de Janeiro, a arbitragem paralisou a partida nos dois tempos para que os jogadores pudessem se hidratar. No primeiro tempo, o sistema de irrigação do gramado disparou e o jogo atrasou alguns minutos até que fosse desligado.

PROTESTO
A torcida “Guerreiros do Almirante”, que tradicionalmente se posiciona na arquibancada atrás de um dos gols de São Januário, colocou uma faixa contra a empresa Red Bull, que iniciou este ano uma parceria com o Bragantino. O adereço tinha a frase “FCK RB”, que era uma abreviação em inglês de um palavrão. O objetivo era protestar contra os clubes-empresas e a favor da tradição no futebol brasileiro.

VASCO
Fernando Miguel, Yago Pikachu (Cayo Tenório), Miranda, Leandro Castan e Henrique; Bruno Gomes, Marcos Júnior (Ribamar) e Juninho (Carlinhos); Talles Magno (Guilherme Parede), Vinícius (Ygor Catatau) e Germán Cano. Técnico: Ramon Menezes

RED BULL BRAGANTINO
Júlio César, Raul, Léo Ortiz, Ligger e Edimar (Éverson); Uillian Correia, Lucas Evangelista e Claudinho (Luiz Phelipe); Tubarão (Barreto), Alerrandro (Urtado), Artur (Morato). Técnico: Maurício Barbieri

Fonte: Folhapress

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *