Flamengo marca no fim e vence Coritiba com golaço de Gerson em grande jogo

O Flamengo visitou o Coritiba neste domingo (20), no Couto Pereira, e voltou a vencer no Brasileiro. O triunfo por 3 a 2 aconteceu com um golaço de Gerson nos minutos finais.

Robson abriu o marcador para o time da casa, Gabigol e Arrascaeta viraram ainda no primeiro tempo, e Edu deixou tudo igual logo após o intervalo.

Com o resultado, o Rubro-Negro vai a 35 pontos, acirrando a briga no G4 da competição. Já o Coxa, permanece com 14 e na luta para sair da zona de rebaixamento.

Na próxima rodada, o time da Gávea recebe o Internacional, enquanto os paranaenses enfrentam o Fortaleza fora de casa.

Antes da partida, o Coritiba anunciou a assinatura de um pré-contrato com o atacante argelino Islam Slimani, de 35 anos. O jogador estava no Anderlecht, da Bélgica.

Slimani tem no currículo passagens por clubes como Sporting, de Portugal, Leicester City e Newcastle, da Inglaterra, Fenerbahçe, da Turquia, Monaco e Lyon, da França.

Como foi o jogo

O primeiro tempo do jogo foi movimentado, com chances para os dois times, gols e até virada do marcador. Coritiba e Flamengo fizeram um jogo aberto, e os donos da casa abriram o placar em cobrança de pênalti de Robson.

O Coxa ainda celebrava o gol quando o Rubro-Negro empatou com Gabigol, também em cobrança de pênalti. O camisa 10 estava em uma sequência de cinco jogos sem balançar a rede. Posteriormente, em boa jogada de Bruno Henrique, Arrascaeta arrematou e virou.

O duelo ainda teve bola no travessão de Gabigol e milagre do goleiro Matheus Cunha, em finalização de Robson.

O Coritiba chegou ao empate logo no primeiro lance após o intervalo, com o oportunismo de Edu. O Coxa, então, passou a rondar a área rubro-negra e a pressionar.

Flamengo e Coritiba começaram a errar bastante, tanto na saída de bola, quando nas tramas das jogadas e tomadas de decisões. O jogo ficou lá e cá, mas sem muita efetividade.

Nos últimos minutos, o Coritiba partiu para cima e conseguiu criar lances perigosos, mas faltou capricho na hora da finalização. Nos minutos finais, Gerson, com um golaço, garantiu a vitória.

Lances importantes

1×0. Aos 14 minutos do 1º tempo, Robson recebeu em velocidade e foi derrubado por Filipe Luís na área. Na cobrança, o próprio atacante abriu o placar.

1×1. Aos 18 minutos do 1º tempo, Wesley recebeu e foi derrubado na área por Marcelino Moreno. Gabigol cobrou e deixou tudo igual no Couto Pereira.

No travessão! Aos 29 minutos do 1º tempo, Bruno Henrique avançou pela esquerda e acionou Gabigol. O atacante chegou batendo e carimbou o travessão.

1×2. Aos 31 minutos do 1º tempo, Bruno Henrique fez boa jogada pela esquerda e cruzou. Victor Hugo escorou e Arrascaeta, de cabeça, completou para a rede.

Em cima da linha. Aos 35 minutos do 1º tempo, Marcelino Moreno cruzou, Edu cabeceou à queima-roupa e Matheus Cunha tirou em cima da linha. Na volta, a bola bateu no braço de Wesley, que também pulou para tentar tirar, o que gerou reclamações.

Pegou de novo. Aos 44 minutos do 1º tempo, Gerson perdeu a bola, que sobrou para Edu. O atacante driblou Léo Pereira e bateu cara a cara com Matheus Cunha, mas o goleiro fez a defesa.

2×2. Antes do primeiro minuto do 2º tempo, Gómez cruzou, a zaga do Flamengo falhou e Edu empurrou para o gol. Foi o primeiro gol do atacante pelo Coxa.

Pedalou. Aos 28 minutos do 2 tempo, Gerson cruzou e Wesley escorou para trás. Bruno Henrique finalizou de voleio, mas mandou para fora.

Quase. Aos 43 minutos do 2º tempo, Liziero cobrou falta e a bola passou por todo mundo na entrada da pequena área.

2×3. Aos 49 minutos do 2º tempo, Gerson recebeu com espaço na intermediária, bateu e acertou o ângulo.


Fonte: UOL/FOLHAPRESS


WhatsApp do Portal Saiba Mais: (89) 9 9922-3229

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Portal Saiba Mais