Flamengo vence com golaço de BH e acaba com hegemonia do líder Botafogo em casa

O Flamengo venceu o Botafogo por 2 a 1, neste sábado (2), e acabou com a hegemonia do líder do Campeonato Brasileiro no Estádio Nilton Santos.

O Flamengo abriu o placar no primeiro minuto com gol contra de Marlon Freitas, levou o empate de Victor Sá ainda na etapa inicial e desempatou no segundo tempo, com um golaço do capitão Bruno Henrique de fora da área.

A vitória rubro-negra acaba com uma dupla invencibilidade do Botafogo. O líder do Brasileirão tinha 100% de aproveitamento em casa na temporada e não perdia no campeonato há 12 jogos.

O sucesso do Fla como visitante contou com o dedo de Jorge Sampaoli. O técnico argentino deixou Gabigol no banco, mexeu no jeito de jogar e deu a faixa de capitão para o decisivo Bruno Henrique.

O Botafogo amarga duas derrotas consecutivas: foi eliminado pelo Defensa y Justicia na Sul-Americana e agora é derrotado pelo rival. O Flamengo, em compensação, ganha confiança para a final da Copa do Brasil contra o São Paulo e dá paz ao pressionado Sampaoli.

O Flamengo vai ao terceiro lugar, com 39 pontos. O Botafogo segue líder disparado, com 51, mas pode ver a vantagem diminuir para oito pontos se o vice-líder Palmeiras vencer o Corinthians neste domingo, na Neo Química Arena.

Fora de campo, uma briga deixou três feridos e 12 presos. Dentro das quatro linhas, o clássico foi movimentado, mas sem maiores entreveros. Gabigol e Bruno Henrique provocaram a torcida botafoguense.

A partida atrasou 18 minutos. O Flamengo se complicou com o trânsito carioca e chegou após às 20h no Nilton Santos.

O JOGO

O técnico Jorge Sampaoli mexeu no jeito de jogar do Flamengo: ele colocou Pulgar praticamente como um terceiro zagueiro, abrindo Wesley e Ayrton Lucas pelas alas e deixando Victor Hugo próximo de Bruno Henrique e Pedro.

O Botafogo de Bruno Lage apostou no retorno de Tiquinho Soares e na titularidade para Segovia, além de Gabriel na vaga que poderia ser de Tchê Tchê.

O Flamengo abriu o placar com um minuto de jogo e mostrou que a estratégia de Jorge Sampaoli poderia funcionar.. Pedro acionou Wesley, que cruzou rasteiro antes de Marlon Freitas desviar contra o próprio patrimônio. Gol contra.

O Botafogo de Lage, porém, não se desanimou com o gol do rival e mostrou por que é o líder isolado. Aos 15, Gabriel chutou de fora da área para Matheus Cunha espalmar. No minuto 18, Victor Sá aproveitou bate e rebate e chutou bonito, no ângulo de Matheus, para empatar.

A partida ficou lá e cá. Bruno Henrique teve duas oportunidades, enquanto Tiquinho quase virou. Fabricio Bruno tirou em cima da linha. Nos acréscimos, Eduardo recebeu passe açucarado de Segovia, mas isolou.

Ainda no primeiro tempo, Ayrton Lucas e Bruno Henrique levaram cartões amarelos. Eles estavam pendurados e não enfrentarão o Athletico, no dia 13.

CAPITÃO DECIDE

O Flamengo começou on fire novamente. Logo aos 2 minutos, Léo Pereira lançou nas costa de JP e Bruno Henrique, impedido, fez de cobertura. O VAR confirmou que o atacante estava um pouco à frente.

A segunda grande chance também foi do Fla, com Pedro, no oitavo minuto. Ele recebeu de Pulgar na área, dominou bonito, mas isolou praticamente na pequena área do Botafogo. Aos 13, Eduardo assustou em cobrança de falta por cima do gol.

Quando o clássico parecia caminhar para o empate, brilhou a estrela do Bruno Henrique, o melhor em campo e capitão do Flamengo no Nilton Santos. Ele driblou JP e bateu bonito de fora da área no ângulo de Perri no minuto 27.

2 a 1, com BH comemorando com o “chororô” em provocação ao rival. Na comemoração, o atacante ainda foi abraçar Gabigol após a polêmica festa do companheiro. Bruno esteve no evento.

Atrás do placar, o Botafogo esboçou reação, mas não criou nenhuma chance clara. Os donos da casa cruzaram algumas bolas e assustaram em escanteios, porém, o goleiro Matheus Cunha não foi mais exigido.

Sampaoli fechou o time colocando David Luiz, e o Flamengo terminou o clássico todo recuado, mas com os três pontos. O goleiro Lucas Perri se lançou ao ataque nos acréscimos e demorou a voltar, ficando mais de um minuto no campo de ataque. No fim, vitória rubro-negra.

LANCES IMPORTANTES

Gol contra. No primeiro minuto, Wesley cruzou e Marlon Freitas desviou contra o Botafogo. 1 a 0 para o Flamengo.

Tudo igual. Aos 18 minutos, Victor Sá recebeu a sobra na área e bateu bonito, no ângulo de Matheus Cunha, para empatar.

2 a 1. No minuto 27 do segundo tempo, Bruno Henrique fez um golaço de fora da área.


LUIZA SÁ E LUCAS MUSETTI PERAZOLLI
RIO DE JANEIRO, RJ (UOL/FOLHAPRESS)


WhatsApp do Portal Saiba Mais: (89) 9 9922-3229

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Portal Saiba Mais