Governador divulga hoje os protocolos para reabertura de três setores

O governador Wellington Dias (PT) vai lançar nesta segunda-feira (8) o Pacto de Retomada Organizada – o Pro Piauí – a partir das 9h, em pronunciamento no Palácio de Karnak.

O governo já baixou decreto prorrogando o isolamento social até o dia 22 deste mês e vai flexibilizar setores.

Os primeiros a serem liberados são a construção civil, serviços de saúde (psicologia/fisioterapia e terapia ocupacional) e setores automotivos.

As empresas terão que aderir ao protocolo e adotar uma série de medidas de proteção para conter o novo coronavírus.

A construção civil volta a funcionar com 50% da capacidade, redução de jornada de trabalho, distribuição de EPIs e respeitando o distanciamento social.

O Cidadeverde.com teve informação que a prefeitura de Teresina não vai aderir ao Pro Piauí. Hoje, o prefeito Firmino Filho (PSDB) vai se reunir com o COE (Comitê de Operações Emergenciais) para avaliar os dados epidemiológicos da cidade. Segundo a prefeitura há aumento de casos na capital. A Prefeitura já divulgou os critérios para a retomada organizada, porém não apresentou nenhum data para o retorno das atividades.

“O governador vai lançar, hoje pela manhã, o Pró Piauí – Pacto de Retomada Organizada. Esse programa vai estabelecer, através de um comitê, relacionamento com os diferentes setores econômicos e sociais para, de forma organizada, através de protocolos que vão regular o processo de retorno das atividades, que o nosso estado, assim que os índices epidemiológicos demonstrem que as atividade possam voltar”, explica o secretário.

O protocolo vai definir quais atividades podem voltar a funcionar em cada setor e como deverão ser retomadas essas atividades.

“A preocupação principal é com a saúde. A pandemia está ainda em fase de crescimento no Brasil, não está controlada ou em fase de decréscimo, apesar de em algumas regiões demonstrar que está perto do fim”, destaca Osmar Júnior.

Flash Yala Sena e Graciane Sousa/Cidadeverde

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *