Governador mantém restrições sanitárias mas admite flexibilização após Carnaval

O governador Wellington Dias (PT) reforçou, em entrevista nesta terça-feira (22), que o Piauí, em entendimento com outras unidades da federação, irá seguir com as proibições relacionadas a realização dos eventos carnavalescos de 2022, como prevê o mais recente decreto estadual.

“A gente mantém a restrição de eventos para evitar a propagação do coronavírus nesse período do Carnaval e isso eu diria na totalidade dos estados brasileiro. O objetivo é não arriscar, não jogar fora todo esforço que fizemos até agora”, disse o gestor piauiense.

Segundo Wellington Dias, a manutenção das restrições é fundamental para garantir o controle dos índices da Covid-19 no estado, sobretudo o da taxa de transmissibilidade do vírus, para que então possa ser iniciado o planejamento de possíveis flexibilizações.

“A perspectiva é que após o Carnaval teremos novas medidas que deveremos em algum momento anunciar para o Brasil e para o Nordeste, a transição entre a fase que estamos de pandemia para endemia”, enfatizou o governador na ocasião.

Wellington Dias já havia antecipado, na última segunda-feira (21), que alguns governadores já consideram a liberação do uso obrigatório de máscaras. A medida deve ser analisada após avaliação de dados epidemiológicos posteriores ao período carnavalesco.

Breno Moreno/Cidade Verde

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *