Homem não aceita término e ateia fogo na ex-companheira em via pública

A advogada da vítima, Mariana Diniz, afirma que o casal estava separado há um ano, mas o suspeito não aceitava o fim do relacionamento e passou a ameaçá-la.

Um homem foi preso em flagrante após tentar matar na noite desta segunda-feira (12), a ex-companheira em Fortaleza (CE). A mulher identificada como Talita Lopes Falcão, de 34 anos, teve 80% do seu corpo queimado, após o suspeito atear fogo nela. Ela foi socorrida, mas seu estado é gravíssimo.

 advogada da vítima, Mariana Diniz, afirma que o casal estava separado há um ano, mas o suspeito não aceitava o fim do relacionamento e passou a ameaçá-la. De acordo com relatos, a tentativa de feminicídio ocorreu após uma discussão entre o casal. Os dois têm uma filha de 4 anos.

“Ele sempre dizia que ia matar ela, que se Talita não fosse dele não seria de mais ninguém”, relata a advogada ao Diário do Nordeste.

Ainda segundo a advogada, a vítima chegou a entrar com pedido de medida protetiva contra o ex-companheiro, que passou a vigiar a ex-mulher, tanto no trabalho dela quanto em sua residência.

Homem ateia fogo na ex-companheira em Fortaleza e é preso por tentativa de feminicídio — Foto: Arquivo pessoal

Homem ateia fogo na ex-companheira em Fortaleza e é preso por tentativa de feminicídio — Foto: Arquivo pessoal

“Ele ficava de carro olhando para saber se ela estava com alguém”, diz Mariana Diniz ao Diário do Nordeste.

Na noite desta segunda-feira (12), o suspeito foi até a casa de Talita e pediu para que conversassem. Os dois saíram de carro, porém, momentos depois após ela descer do veículo, ele jogou um produto inflamável nela, ateando fogo em seguida, conforme explica a advogada.

Segundo relatos de testemunhas, Talita saiu correndo com o corpo em chamas pedindo socorro e foi ajudada por moradores da região e policiais que estavam próximos ao local.

“Ele fugiu do local e mais tarde se entregou no 34º DP”, citou a advogada Mariana Diniz ao Diário do Nordeste.

Procurada, a Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS) disse que o homem foi preso em flagrante pela Polícia Militar do Ceará (PMCE) e encaminhado à Delegacia de Defesa da Mulher (DDM), onde foi autuado pelo crime de tentativa de feminicídio.

Ainda durante as investigações, foram encontradas cartas no carro do suspeito, dando a entender que o crime tenha sido premeditado. “Tinha uma carta de próprio punho e duas digitadas dizendo que ele ia tirar a vida dela e a dele, pois não tinha mais porque viver”, conta a advogada.

Fonte: Meio Norte

 

WhatsApp do Portal Saiba Mais: (89) 9 9922-3229

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Portal Saiba Mais