Homem que matou o irmão em briga por ciúmes é preso no Piauí

A Polícia Civil, em mais uma ação da Operação Captura, deu cumprimento, nesta quarta-feira (30/06),  a um mandado de prisão preventiva expedido em desfavor de Fernando, acusado de matar o próprio irmão, Loloca, a facadas no ano de 2017, no Bairro Prado, em Piripiri. Após o crime, havia deixado a cidade. Ao retornar, foi surpreendido pelos policiais. As informações são do Piripiri Repórter.

Lolota foi morto após sofrer um golpe de faca na região do pescoço, desferido pelo seu irmão, Fernando, motivado por ciúmes da companheira.

Na ocasião, os irmãos tiveram uma discussão na frente da residência da família, motivada por ciúmes que o autor crime tinha de sua companheira. Na discussão, os irmãos chegaram uma luta corporal, momento em que Fernando, de imediato, sacou uma faca e furou o pescoço da vítima.

Ao sofrer o golpe, a vítima saiu correndo dando a volta no quarteirão até que caiu na frente da residência de um tio, onde ficou até ser atendido pelo SAMU, mas acabou morrendo em decorrência da perda e sangue por rompimento de vasos e órgãos cervicais provocadas pela facada.

Após a consumação do crime, o autor do crime empreendeu fuga, bem como a família não procurou os órgãos policiais na ocasião e procuraram se ocultar para evitar a responsabilização do mesmo.

Ocorre que o fato acabou sendo apurado ao chegar ao conhecimento do Delegado Jorge Terceiro, titular do 1º Distrito Policial de Piripiri, que após instrução e conclusão do competente Inquérito Policial representou pela prisão preventiva do investigado, sendo expedido o respectivo mandado de prisão pela Vara Criminal da Comarca.

Após realização de diligências, policiais civis do setor de investigação da 6ª Delegacia Regional conseguiram obter informação de que o acusado havia retornado recentemente para Piripiri, oportunidade em que o homicida foi localizado, capturado e conduzido ao Complexo de Delegacias da Polícia Civil, dando-se cumprimento ao mandado prisão.

A Polícia Civil permanece firme em seu compromisso institucional de elucidar os homicídios ocorridos na cidade, realizando operações contínuas no intuito de prender os autores e apresentá-los à Justiça Criminal para que sejam devidamente responsabilizados.

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *