Irmão de Ciro Gomes se filia ao partido de França e Alckmin

O senador Cid Gomes (CE), irmão do ex-governador Ciro Gomes (PDT) se filiou ao Partido Socialista Brasileiro (PSB) na manhã deste domingo (4) durante ato em Fortaleza, no Ceará, com a presença dos principais nomes do partido em nível nacional, como o vice-presidente da República, Geraldo Alckmin, e os ministros do Empreendedorismo, Márcio França, e da Educação, Camilo Santana.

Durante o evento, Cid apenas agradeceu nominalmente as lideranças presentes e se mostrou muito bem-humorado, contando anedotas. Também foram filiados à sigla a ex-governadora do Ceará e atual secretária-executiva do Ministério da Educação, Izolda Cela, 40 prefeitos do Ceará, além de mais de 100 vereadores em todo o estado.

O movimento feito por Cid sela de vez o rompimento do senador com o seu irmão, o ex-ministro e ex-governador Ciro Gomes, que permanece no PDT. O racha entre os dois começou em 2022, quando, por decisão de Ciro, Izolda Cela não concorreu à reeleição ao governo do Ceará. Ela havia assumido o cargo deixado por Camilo Santana, que saiu para disputar o Senado. Cid queria que Izolda fosse a candidata.

O PDT concorreu naquela eleição com Roberto Cláudio, ex-prefeito de Fortaleza, que acabou ficando apenas em 3° lugar no pleito que foi vencido pelo petista Elmano de Freitas. Além da discordância sobre a candidatura local, Ciro também acusou o irmão de tê-lo abandonado na eleição presidencial de 2022 e atuado em prol de Luiz Inácio Lula da Silva (PT).

Fonte: Paulo Moura/PlenoNews


WhatsApp do Portal Saiba Mais: (89) 9 9922-3229 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Portal Saiba Mais