Jaicós realiza Reunião Intermediária de Acompanhamento do Selo UNICEF

A Prefeitura de Jaicós, através da Articulação do Selo Unicef no município que tem à frente Jasmira Leal, realizou nesta quinta-feira (13.jun), no auditório da Câmara Municipal a Reunião Intermediária de Acompanhamento do Selo UNICEF – Edição 2017-2020.

O evento contou com a participação do prefeito Neném de Edite, dos secretários municipais: Deusmar Costa (Gabinete), Sônia Ribeiro (Educação), Audeli Coutinho (Saúde), Alessandra Leal (Cultura), Karol Meneses (Assistência Social), Osmildo Oliveira (Esporte) e Luvercy Carvalho (Agricultura); vereador Bosquinho e as vereadoras, Sirelne Lopes e Mocinha, Dilma Pereira, coordenadora do Conselho Tutelar, Arlete Dias, presidente do CMDCA, coordenadora dos Direitos da Pessoa com Deficiência, Kelcileyane Pereira,  integrantes do NUCA, dentre outros.

A articuladora do Selo, Jasmira Leal, conduziu o encontro  e destacou a importância da reunião para analisar a evolução dos indicadores em relação ao panorama inicial – apresentado no 1º Fórum Comunitário. O momento também reforçou o comprometimento público dos atores (prefeito, secretários, vereadores e CMDCA) com a realização do Selo UNICEF.

“A Reunião Intermediária compõe o Resultado Sistêmico 17.2 – obrigatório para obtenção do Selo. No encontro foram apresentadas as ações Desenvolvidas e a Revisão do Plano de Ação. Dos 12 indicadores propostos pelo Selo para população de 0 a 17 anos, Jaicós está pontuando em seis: taxa do abandono no Ensino Fundamental, o percentual de crianças menores de cinco anos com peso alto para a idade, o percentual de gestantes com sífilis fazendo o tratamento adequado, percentual de óbitos de mulheres em idade fértil investigados, percentual de óbitos infantis investigados e na taxa de mortalidade entre crianças e adolescentes na de 10 a 19 anos por causas externas”, destacou.

No final, a avaliação é que Jaicós conseguiu uma boa evolução, diante dos desafios propostos pelo Selo UNICEF, e que as necessidades, ainda existentes, deverão ser atendidas com a soma de esforços pelo município.

Fonte: Portal Saiba Mais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *