Juiz manda soltar homem preso por importunação sexual contra estudante no metrô em Teresina

O magistrado decidiu pela liberdade provisória mediante o cumprimento das seguintes medidas cautelares.

O juiz Ermano Chaves Portela Martins, da Central de Audiência de Custódia de Teresina, concedeu liberdade ao homem preso em flagrante por importunação sexual contra uma estudante dentro do metrô de Teresina. A decisão saiu na última sexta-feira (8).

Na decisão, o magistrado destacou que o Ministério Público do Estado do Piauí se manifestou a favor da concessão de liberdade provisória, com aplicação de medidas cautelares. A autoridade policial também se ausentou de representação.

Diante disso, o juiz decidiu pela liberdade provisória mediante o cumprimento das seguintes medidas cautelares: o custodiado deverá ter atendimento psicossocial por videochamada na Central Integrada de Alternativas Penais (CIAP); comparecimento a todos os atos sempre que intimado; não pode deixar a comarca, sem prévia autorização do juízo; está proibido de aproximar-se da vítima pelo limite mínimo de 300 metros; e proibido de manter qualquer contato com a vítima, ou seus familiares, inclusive por meio de telefone, mensagem de texto e aplicativos de mensagens instantâneas.

O descumprimento das medidas cautelares determinadas pode ensejar a decretação da prisão preventiva da autuada.

O homem foi preso na quinta-feira (7) após importunar sexualmente uma mulher dentro de um vagão do metrô de Teresina. Ele foi dominado por usuários e preso na Estação da Frei Serafim, no Centro.

Segundo usuários do metrô, o homem teria exibido o próprio órgão sexual e o encostado na vítima enquanto os dois estavam dentro de um dos vagões, na viagem da Zona Sudeste até o Centro.

Homem é preso em flagrante suspeito de importunação sexual dentro de metrô em Teresina — Foto: Arquivo pessoal/ Arielson Pinto

Homem é preso em flagrante suspeito de importunação sexual dentro de metrô em Teresina — Foto: Arquivo pessoal/ Arielson Pinto

Um vídeo mostra o homem imobilizado por uma policial militar sendo levado para fora da estação. Em outro vídeo, a vítima do abuso é amparada por outras pessoas e desmaia dentro da estação.

A vítima era uma estudante de 21 anos, que estava indo para o trabalho. Muito abalada, ela ficou em choque por conta da importunação, e foi atendida por uma equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu).

Por Catarina Costa, g1 PI

WhatsApp do Portal Saiba Mais: (89) 99922-3229

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *