Júlio César diz que PSD é mais fiel ao Governo Wellington Dias que o MDB

“O PSD tem maior fidelidade ao Governo, somos fiéis a eles”, afirmou o deputado federal.

O presidente do Diretório do PSD no Piauí, deputado federal Júlio César Lima, decidiu subir o tom ao falar do interesse do partido em ocupar a vaga de vice na chapa majoritária do Governo do Piauí, que deverá ser liderada pelo secretário da Fazenda, Rafael Fonteles (PT-PI). O deputado não escondeu o incômodo com as declarações concedidas à nossa reportagem pelo senador Marcelo Castro que, na ocasião, afirmou que o MDB tem todo direito de estar no cargo de vice do PT diante da envergadura política que possui.

Em resposta a Marcelo Castro, Júlio César enfatizou que o PSD é o partido mais fiel aos interesses da base, e que tem mais potencial para integrar a chapa majoritária. O deputado disse ainda que, mesmo desejando permanecer no Governo, não fechou as portas para a oposição, caso o governador Wellington Dias (PT-PI) não atenda ao pleito majoritário reivindicado pela sigla pessedista.

“Me dou com o Governo e com a oposição. Tenho conversado com a oposição, mas meu sentimento é ficar no Governo. Vamos ver como isso vai ser colocado, tem que ser um encaminhamento de solução para ganhar eleição e não por conveniência pessoal. O PSD tem maior fidelidade ao Governo, somos fiéis a eles [Governo Wellington Dias]. O PSD é o partido mais importante para participar de uma chapa majoritária e ser vitoriosa”, alfinetou o parlamentar.

Foto: Lucas Dias/GP1
Júlio César

Júlio César

Júlio César disse ainda que o importante para vencer uma eleição é a representatividade eleitoral, e não política, se referindo ao MDB. “Reconheço que o MDB tem o maior número de deputados estaduais, um deputado federal, tem um senador, tem o presidente da Assembleia, mas eleição majoritária não é com chefe político e nem representatividade de quem tem voto, isso não funciona. Átila foi candidato a governador e só tinha três prefeitos contra ele, 99% eram a favor dele. Ele tinha praticamente a Assembleia toda, então o que ganha eleição não é representatividade política, mas representativa eleitoral”, colocou o deputado.

Potencial do PSD

Júlio César seguiu reagindo às declarações do senador Marcelo Castro, elencando o potencial do PSD em todo o Estado do Piauí, para reforçar que sua legenda tem todas as prerrogativas para compor como vice do secretário Rafael Fonteles em 2022.

“O PSD é o partido que seus líderes no interior têm a maior fidelidade a mim e ao Georgiano Temos 40 prefeitos, é o segundo em número de prefeitos, temos 379 vereadores, também é o segundo em número de vereadores. Em número de votos só podemos para o MDB porque o Dr. Pessoa [prefeito de Teresina pelo MDB] puxou muito para frente. Mas em o Dr. pessoa não participando da chapa do Governo, nós somos disparadamente o maior partido da base”, analisou o líder pessedista.

Diálogo com líderes do PSD

O deputado Júlio César adiantou que no retorno do governador Wellington Dias ao Piauí eles deverão voltar a dialogar sobre as estratégias pensadas para o ano que vem e o que caberá a legenda neste contexto majoritário. “Ele [Wellington] viajou para o exterior e ficamos de conversar na volta. Estamos consultando nossa base, nossos prefeitos, nossos vereadores e ex-prefeitos sobre o que eles pensam no caso do PSD, que tem o maior número de prefeitos, a maior fidelidade de todos os partidos”, finalizou o deputado.

 

Por GP1

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *