Kassio vota a favor de Moro e forma maioria contra Lula, mas Cármen pode mudar voto

Ainda há, porém, a expectativa sobre uma possível mudança de voto de Cármen Lúcia, o que pode virar o placar e ensejar uma decisão no outro sentido.

O ministro Kassio Nunes Marques, do STF (Supremo Tribunal Federal), votou nesta terça-feira (23) contra a declaração de parcialidade do ex-juiz Sergio Moro na condução do processo que levou à condenação do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) por corrupção passiva e lavagem de dinheiro no caso do tríplex do Guarujá (SP).

Com a posição de Kassio, em tese está formada a maioria a favor de Moro, uma vez que os ministros Edson Fachin e Cármen Lúcia já votaram da mesma maneira.

Ainda há, porém, a expectativa sobre uma possível mudança de voto de Cármen Lúcia, o que pode virar o placar e ensejar uma decisão no outro sentido.

Isso ocorre porque, na última sessão em que o tema foi debatido, a ministra indicou que dará um novo voto sobre o tema, o que levou a especulações de que pode mudar de posição.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *