Mães de São Luís/PI denunciam Governo do Estado pela suspensão do fornecimento de medicamento

Há 5 meses que o medicamento Acetado de Leuprorrelina não é repassado pelo Governo do Estado.

Duas mães de família do município de São Luís do Piauí denunciam o Governo do Estado do Piauí pelo atraso no fornecimento de uma medicação essencial para o tratamento de suas filhas. O medicamento custa R$ 1.950,00 e as famílias não dispõe deste recurso para comprarem os remédios.

Fernanda Pereira de Oliveira e Lucineide Maria Sousa Chagas procuraram a equipe de reportagem do Jornal e Portal Folha Atual para denunciarem tal fato. Segundo as mães, suas filhas sofrem de problemas de saúde que as obrigam a tomar injeções de um medicamento chamado de Acetado de Leuprorrelina a cada três meses.

De acordo com Fernanda Pereira e Lucineide Sousa já fazem 5 meses que o Governo do Estado não repassa a medicação. As mães temem a falta de empatia para com os pacientes que necessitam dessa medicação e frisam que o tratamento não pode ser interrompido. “Falta de compromisso por parte do senhor Governador do Estado”, disse Fernanda Pereira.

 

Por Folhaatual

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *